Papa Francisco e papa emérito Bento XVI já se vacinaram contra a Covid-19

No domingo, o Francisco disse que a vacina "não é opção, é ação ética" em uma entrevista transmitida pela televisão italiana.

CONTI outra

O porta-voz da Santa Sé anunciou nesta quinta-feira (14), através de um comunicado, que o Papa Francisco, de 84 anos, e o papa emérito Bento XVI, 93, foram vacinados contra a Covid-19.

O Papa Francisco foi quem recebeu a primeira dose da vacina na quarta-feira. Já Bento XVI foi vacinado nesta quinta-feira.

De acordo com o site da Santa Sé, a campanha de vacinação no Vaticano teve início na quarta-feira.

São priorizados neste momento os profissionais da saúde e os idosos moradores da cidade-estado, sede da Igreja Católica, localizada dentro de Roma.

Em um segundo momento, familiares dos trabalhadores – assistidos pelo Fundo de Assistência Sanitária – poderão ser vacinados.

No domingo, o Francisco disse que a vacina “não é opção, é ação ética” em uma entrevista transmitida pela televisão italiana.

Papa Francisco (esq) com seu antecessor no cargo, Bento 16 em imagem de 2016 — Foto: L’Osservatore Romano/AP

A campanha é voluntária e a vacina não será aplicada em crianças e pessoas menores de 18 anos porque a vacina distribuída – a desenvolvida pela Pfizer com a BioNTech – não foi testada neste grupo.

Quando era jovem, o Papa Francisco teve uma doença que o obrigou a retirar uma parte de um de seus pulmões.

O médico do papa, Fabrizio Soccorsi, de 78 anos, morreu por complicações ligadas à Covid-19.

Bento XVI sofre de erisipela no rosto, uma doença infecciosa que se caracteriza por erupções faciais e episódios de dor intensa.

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Foto destacada: L’Osservatore Romano/AP.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.