A cachorrinha Pandora finalmente foi encontrada! A vira-lata viajava entre os aeroportos do Recife e de Navegantes, em Santa Catarina, no compartimento de carga de um avião da Gol, em 15 de dezembro de 2021. Pandora, por motivos ainda não esclarecidos pela empresa, acabou se perdendo durante uma conexão.

Seu dono, Reinaldo Júnior estava viajando para Santa Catarina, onde passaria algum tempo antes de embarcar pra a Suíça, à trabalho.

Depois de 45 dias de procura e desespero, a família finalmente reencontrou sua filha de quatro patas. Pandora precisou ser levada para um hospital veterinário na região do ABC Paulista. Ela foi localizada neste domingo (30), perto do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Foto: Reprodução/Instagram

A peluda está recebendo soro, apresenta sinais de cansaço e perdeu 8 kg durante o período em que esteve perdida. Ela deve permanecer internada durante 72 horas.

“Ela está muito magra. Está desnutrida, debilitada, e eu também estou que nem ela. Não tenho nem o que falar, o importante é que achamos”, disse seu tutor no momento em que reencontrou a cadelinha.

Foto: Reprodução

“Só de ver o estado dela, desidratada e desnutrida que ela está, me abalou mais. Então só tentar recuperar pra eu depois eu chorar mais e mais ainda, só que agora é de felicidade”, afirmou o dono da Pandora.

A cachorrinha foi encontrada por Victor Leonardo Marques, um eletricista de manutenção, perto do terminal 3 do aeroporto. Reinaldo estava dormindo no momento que a família foi acionada. Segundo sua mãe, ele tinha passado a madrugada distribuindo panfletos com imagens da cachorra, em uma campanha que começou no primeiro dia do sumiço do animal, em dezembro.

Foto: Reprodução/Instagram

Sobre o reencontrou, Reinaldo abraçou Pandora e ficou emocionado e sem palavras para descrever o momento. “Sempre acreditei que a reencontraria. É um dia muito especial”, disse.

O homem cancelou uma viagem para a Suíça, onde iria trabalhar de chapeiro com um primo, para procurar a cachorrinha desaparecida.

“Eu perdi tudo. Perdi minha cachorra, meu emprego, minha viagem e 16 quilos nessa busca por Pandora. Ela ficou debilitada de um lado e eu do outro. Mas o importante é que ela está de volta comigo”, declarou Reinaldo.

Com informações de G1

 

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.