Pai que não queria um cachorro em casa agora até o põe na caminha para dormir

Papai o trata como um bebezinho.

REDAÇÃO CONTI outra

Quando a jovem Rachael Rodrigues ganhou o cão Oliver como presente de formatura, há cerca de sete anos, ela ficou emocionada e também um pouco surpresa, pois sabia como seus pais se sentiam em relação aos cães.

“Meus pais eram muito contrários à ideia de ter cães em casa, já que sempre tivemos gatos. Além disso, eles não queriam lidar com o trabalho adicional que vem com um cachorro (treinar, levar para passear, escovar os pelos, etc.)”, disse Rachael ao site The Dodo.

A jovem não ficou surpresa por rapidamente se apaixonar por Oliver. Ela ficou surpresa, no entanto, com o fato de seu pai ter conseguido se apegar tanto ao cãozinho.

RACHAEL RODRIGUES

“Papai ficou apaixonado desde o início”, disse Rachael. “Ele costumava andar pela casa carregando Oliver no colo. Na primeira semana que o pegamos, pensamos que Oliver estava com dor de estômago e não dormiria a noite toda, então papai dormiu no chão com ele sob um cobertor e esfregou sua barriga a noite toda. ”

Embora odeie admitir, o pai de Rachael sempre tratou Oliver como mais uma criança da família, e Oliver não vê o menor problema nisso. Na verdade, ele adora!

RACHAEL RODRIGUES

Quando Oliver está cochilando, o pai de Rachael o coloca na cama e o cobre – e é definitivamente uma das imagens mais fofas do mundo.

RACHAEL RODRIGUES

“As imagem acima mostra detalhes da relação entre papai e Oliver – papai o trata como um bebê (embora ele não admita) e Oliver aceita tudo”, disse Rachael.

***

Redação CONTI outra. Com informações de The Dodo

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.