O aposentado Pedro Figueiredo, de 63 anos, decidiu percorrer 1,4 mil km de bicicleta para homenagear o filho Agostinho Figueiredo, de 25 anos, que está prestes a se formar na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, no Rio de Janeiro. O pai está em São José dos Campos, onde foi acolhido por moradores em seu 18° dia de percurso, antes de seguir para o destino final.

Ao G1, Pedro contou que o filho tentou por três anos passar na academia. Depois de aprovado, ele prometeu ao filho que se ele se formasse, iria de bicicleta para sua formatura, que está prevista para acontecer no dia 27 de novembro.

Pedro Figueiredo faz de Porto Alegre a Resende de bicicleta — Foto: Arquivo Pessoal

“Meu filho se esforçou muito para estar lá. Somos humildes e ele sempre foi de escola pública, lutou muito para conseguir. Agora, é minha vez de me esforçar por ele”, conta.

Pedro, que mora em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, saiu de casa no dia 4 de novembro com destino a Resende, no Rio de Janeiro. Ele conta que anda de bicicleta há décadas e para o desafio pedala uma média de seis horas por dia a 15 km/h. O cálculo foi feito para que chegue ao destino final em tempo.

Para descansar, o aposentado criou um grupo no WhatsApp onde tem mais de 130 pessoas entre amantes de bicicletas e curiosos que há 18 dias acompanham sua jornada. No percurso, conheceu pontos turísticos na rota, como a avenida Paulista e o Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Filho de Pedro se forma na Academia Militar das Agulhas Negras — Foto: Arquivo Pessoal

Através do grupo, Pedro ainda é apoiado pessoas que se oferecem para lhe oferecer comida e estadia. Nesse modelo, já esteve na casa de 13 famílias, uma delas de São José dos Campos, de onde parte nesta segunda-feira (22).

“Essa jornada tem me mostrado que as pessoas ainda estão dispostas a ajudar. Pessoas que eu nem conheço tem me acolhido e transformado essa homenagem para o meu filho possível”, conta.

Pedro no Masp, em São Paulo — Foto: Arquivo Pessoal

Depois da formatura, Agostinho será encaminhado para o Pará, de onde segue na carreira militar. Segundo Pedro, o filho tem acompanhado sua jornada por meio da rede social. “Ele aguarda a minha chegada e vai ser muito emocionante ver ele depois de todo nosso esforço juntos se formar no que ele sonhou para ele”.

A próxima parada é Aparecida, onde também conhece o Santuário Nacional. Depois, segue para Resende. A previsão é de Pedro chegue a Aman na quarta-feira (24).

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.