Essa história começa em 2013. Foi quando o brasileiro Rodrigo Rocha e seu filho Gabriel, de 16 anos, participaram da primeira corrida de rua juntos. O pai viu no esporte uma oportunidade para Gabriel melhorar seu controle motor e também conhecer novas pessoas.

Os demais corredores mostram respeito e admiração pelo menino: Gabriel nunca foi tratado como “diferente”. “E ele sempre respondeu aquele carinho e atenção com um sorriso lindo, que se tornou sua marca registrada”, afirma Rodrigo.

Desde então, os dois já participaram de mais de 10 corridas. Gabriel participa das provas em um triciclo adaptado, empurrado pelo pai desde a linha de partida até a linha de chegada. Graças ao esporte, o controle motor de Gabriel melhorou muito. “É preciso ter um bom controle motor, principalmente em provas de longa distância, para manter a postura e manter os braços bem posicionados”.

Gabriel, que também está mais forte, já passou por provas que duraram 6 horas. “Sentado ali, suando, na chuva, vento… Na mesma prova e na mesma posição, sem reclamar. Como se realmente corresse com os pés no chão”.

Rodrigo diz com orgulho que o Gabriel enfrenta todos os desafios! Ele tem dias ruins como qualquer outra pessoa, mas não desiste. Como nas várias tentativas de aprender a nadar. “Ele teve depressão em nossas tentativas de nadar. Hoje, ele assimilou tudo o que eu falava naquela época ”, lembra Rodrigo.

Gabriel aprendeu a nadar e há poucos dias participou com Rodrigo de uma prova de triatlo: 750 m de natação, 20 km de bicicleta e mais 5 km de corrida. A dupla fez o teste no tempo de 2 horas. Gabriel cruzou a linha de chegada como na primeira corrida de 2013: com os pés no chão e com o sorriso que é sua marca!

“Gabriel é minha inspiração! Ele me ensinou a viver melhor de maneiras diferentes! Estou mais calmo, não supervalorizo ​​as coisas materiais como antigamente. Agradeço um sorriso, um abraço. Parece tudo normal, mas não é. “Muito do que ele pode fazer as pessoas consideram uma vitória!”, afirma Rodrigo.

Sem dúvida uma história cheia de motivação e aprimoramento. Não se esqueça de nos deixar seus comentários e compartilhar as boas novas!

***
Redação Conti Outra, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.