Na cidade de Campo Grande (MS), o pai de uma garotinha de 9 anos precisou levar a filha para se vacinar contra a Covid-19 escondido da mãe da criança. De acordo com ele, a ex-esposa é contrária à vacinação.

Assim que soube que a filha tinha sido vacinada, a mãe da criança ameaçou o ex-marido de impedí-lo para sempre de ver a menina.

O pai da criança diz que prefere não se identificar para evitar problemas com a ex-esposa, mas que tomou a decisão de tornar a história pública para servir como incentivo para outros responsáveis.

“É um alerta para os pais, para não terem dúvida, ir sempre pela ciência e proteger a criança em primeiro lugar”, afirma o pai.

O homem de 48 anos disse ao g1 que sua ex-esposa era contra a vacinação da filha apesar de ela mesma já ter se vacinado. “Ela me mandava fake news por mensagens, sobre vírus chinês, chip, essas coisas. Ela se vacinou quando surgiu a Janssen, usou como desculpa que era dose única”.

O pai conta que nem a filha soube de imediato que iria se vacinar, pois a menina estava com medo. “A menina estava morrendo de medo. Falei que ia levar só ao médico para consulta”, lembra.

Depois de tomar a vacina, a menina ficou mais tranquila, pois não teve reações. Mesmo diante da resistência da mãe, o pai sempre planejou contar o que havia acontecido. “Não quis esconder de jeito nenhum, mas eu sabia que ia vir tempestade”, diz.

Assim que revelou para a ex-esposa que a filha estava vacinada, uma discussão começou entre o ex-casal na presença da criança.

“Falou palavrões, falou que eu nunca mais ia vê-la, que elas iam se mudar. Eu fiquei quieto, porque na frente da menina eu não ia falar nada”, afirma o homem.

Mesmo diante das ameaças, o pai está esperançoso de que conseguirá levar a filha para tomar a segunda dose do imunizante no dia 18 de fevereiro. “Estou com a consciência tranquila, dever cumprido. [Se acontecer algo] por omissão não vai ser”, pontua.

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Foto: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.