Leniel Borel, o pai do menino Henry Borel, usou as redes sociais nesta quinta-feira (6) para revelar que fez uma tatuagem no braço homenagem ao filho de quatro anos que teve a vida interrompida no dia 8 de março.

A conclusão dos investigadores é a de que o garoto perdeu a vida por motivo torpe, sem chance de defesa. A mãe e o padrasto, principais suspeitos, foram presos.

Através dos stories do Instagram, Leniel divulgou a sua nova tatuagem: uma imagem com o rosto do filho sorrindo. “Henry, papai te ama muito. Pra sempre eternizado no meu coração”, escreveu o pai, que também agradeceu ao tatuador pelo desenho.

Gustavo Gomes, profissional responsável pela tatuagem, também publicou imagens do trabalho feito no braço de Leniel e se manifestou com uma mensagem em sua conta na rede social:

“Leniel, você não está sozinho. Como pai, como ser humano, eu fiquei muito mexido com a história do Henry. Não consigo imaginar a dor que o Leniel está sentindo. Por isso, queria ajudar de alguma forma, acho que ajudei eternizando o rostinho dele no braço do Leniel. Ele vai poder olhar todo dia, toda hora, todo instante, para o anjinho dele”, disse o tatuador.

***
Redação Conti Outra, com informações de R7.
Foto destacada: Reprodução/Redes sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.