Pai ‘confuso’: Homem registra as duas filhas com o mesmo nome em MG

Ele só tinha uma missão, fazer o registro de nascimento da filha caçula. Não tinha como dar errado, mas deu! "Carol, eu escrevi o nome errado. Agora a gente tem duas Ninas", disse o escultor para a esposa.

CONTI outra

O escultor Armando Bianchetti, de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, tinha apenas uma missão: fazer o registro de nascimento da filha caçula. Não tinha como dar errado, não é mesmo? Mas sim, deu tudo errado!

O pai acabou se confundindo no momento de preencher os documentos no cartório e registrou a recém-nascida como Nina, mesmo nome da filha mais velha, de 3 anos.

Em entrevista para o portal R7, a mãe das crianças, a escritora Carol Christo, relatou que soube da confusão por telefone. O marido ligou para a mulher logo que notou o mal-entendido.

“Ele me ligou de um lugar muito barulhento e mal dava para escutá-lo. Ele só me disse: “Carol, eu escrevi o nome errado. Agora a gente tem duas Ninas”, contou.

Ao chegar em casa, Bianchetti detalhou a história para a esposa e a reação que teve ao descobrir a falha. Carol Christo filmou o momento da explicação e divulgou em uma rede social. O relato caiu nas graças dos internautas.

“Em vez de colocar Mia Christo Bianchetti, eu coloquei Nina Chisto Bianchetti. Eles imprimiram e a moça pediu para eu conferir o nome que estava Nina. Eu falei: “Nina? Não! Eu escrevi isso?”. Ela respondeu que sim.

Felizmente, os tabeliães conseguiram entrar no sistema poucas horas depois e corrigir tanto o erro do registro civil, quanto do CPF (Cadastro de Pessoa Física) que também havia sido emitido com o nome trocado. Mas os problemas não foram apenas estes. A confusão foi tamanha que ele também escreveu que ela nasceu em 2022.

Enfim corrigido o erro, o que fica é a história para ser contada…

***
Redação Conti Outra, com informações de R7.
Foto: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.