Quem é mãe ou pai de menina sabe que o amor por elas é imenso, mas, por outro lado, também conhece a preocupação diária com o bem-estar e a segurança delas. Vivemos, afinal, em uma sociedade que ainda tem um longo caminho a trilhar para aprender a tratar as mulheres com o respeito que merecem.

Quem conhece bem esses sentimentos é o pai de uma jovem usuária do Twitter. Ele atingiu atingiu um nível raramente visto antes de superproteção ao decidir acompanhá-la em um encontro marcado pelo Tinder, famoso aplicativo de relacionamentos.

Ele a seguiu até o local onde a filha tinha marcado o encontro com seu pretendente do Tinder e ficou espiando tudo de longe, se certificando de que nada de ruim fosse acontecer com ela. Se o pior acontecesse, ele estaria lá para defendê-la.

30 dias GRÁTIS do Amazon Music Unlimited

Depois que alguns minutos se passaram e ele percebeu que tudo estava correndo bem, este dedicado pai decidiu deixar o local sem fazer muito alarde.

O caso foi relatado pela própria filha no Twitter, em um post que rendeu muitos retweets. Aparentemente, as pessoas acharam a atitude do pai ao mesmo tempo bizarra e fofinha. Mas quase todos conseguiram entender o porquê de ele agir assim.

Superproteção ou apenas zelo?

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: @annertega/Twitter.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.