Nós sabemos que os nossos animais de estimação são nossa responsabilidade. Porém, algumas situações não são favoráveis… Levar o cãozinho para locais públicos e para o trabalho são situações complicadas e muitas vezes proibidas.

Quando nossos companheiros já chegam a idades avançadas, eles acabam precisando de nós e estar ao lado deles é extremamente importante.

Essa era a lógica que um padre tinha quando decidiu levar seu cachorro a uma missa que ele tinha que celebrar. Embora soubesse que não era o lugar certo para cuidar de seu animal de estimação, ele não tinha escolha a não ser levá-lo com ele.

Por meio das redes sociais, a história envolvendo esse padre e seu cachorro foi compartilhada, e que além de causar ternura, dividiu repercussões nos usuários que viram essa cena na internet.

Uma jovem foi quem compartilhou a história em sua conta no Twitter (@tupelirosafav), escrevendo a seguinte legenda: “O padre pediu desculpas, mas que seu cachorrinho está muito doente e se ele o deixa sozinho ele fica muito mal e chora, então o levou para missa com ele”.

Twitter @tupelirosafav

A imagem rapidamente viralizou no Twitter, nela é possível ver o canino sentado na saia do religioso. Embora o padre seja visto muito relaxado com o cachorrinho no colo, a verdade é que ele fez questão de se desculpar para o público da missa.

Entre os comentários que se acumularam na publicação houve uma importante divisão de opiniões. Enquanto muitos apoiaram a decisão do homem de levar seu cachorro à missa, outros o criticaram por isso, por considerarem isso uma ofensa.

“Como se esqueceu de que foi celebrar a Santa Missa e não ao parque”, “Deve ser canonizado” e “Se está doente e não o deixa só, isso se chama um ato de amor”, são alguns dos comentários que foram registrados na conversa que a foto provocou.

Twitter @tupelirosafav

Isso causou tanto impacto que a usuária que decidiu compartilhar a foto pelo Twitter, teve que excluí-la para não gerar polêmica, muitos comentários começaram a se acumular a favor e contra. E você, o que acha dessa atitude?

 

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.