O brigadista Fábio Gomes Batista, de 38 anos, está vivendo um momento de desespero. Diagnosticado com Covid-19, ele está internado na emergência do Hospital de Ceilândia desde quinta-feira (11/3). Seus pulmões estão com 75% de comprometimento.

Fábio, que é casado e pai de dois filhos, ainda aguarda um leito na UTI. Além disso, precisa de uma ventilação mais adequada para seu quadro, que é crítico.

Dada a emergência da situação, o brigadista decidiu gravar um video para chamar atenção para a sua situação.

Em mensagens trocadas com a esposa, Fábio fala do medo de morrer e reclama da falta de ar e das dores. Ele diz ainda que está se sentindo muito só e que precisa sair vivo para cuidar dos filhos.

Jonathan e a Keila, irmãos de Fábio, tentam monitorar o estado de saúde dele pelo WhatsApp. Imploram por assistência ao irmão, para que ele tenha a chance de sobreviver.

Desde às 14h, quando Fábio mandou o último vídeo pedindo socorro, parou de responder aos familiares.

Há neste momento 195 pessoas no DF aguardando na fila por vaga em UTIs.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Metrópoles.
Foto destacada: Reprodução/redes sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.