Ong tira jovens do crime ensinando-lhes o lindo ofício de plantar e colher os próprios alimentos

Em uma fazenda sustentável estabelecida no local que um dia já foi uma prisão desativada, os vegetais vem sendo cultivados por jovens que, se não fosse a oportunidade de aprender a ocupação mais antiga do mundo, poderiam ter acabado em uma prisão de verdade.

REDAÇÃO CONTI outra

A Growing Change é uma Ong que acredita que a melhor solução para um problema é aquela que atinge a raiz dele. Por isso se dedica desde 2011 a devolver esperança a pessoas que vivem sem perspectivas; e vêm fazendo isso através da agricultura.

Ao converter velhas prisões em centros agrícolas e educacionais, a Growing Change resolve vários problemas ao mesmo tempo. O programa reúne jovens que já tiveram problemas com a justiça e veteranos de guerra que não conseguem emprego.

Recrutando as habilidades de disciplina e liderança dos últimos para ensinar e orientar os primeiros, a Growing Change cria um ambiente pelo qual jovens que precisam cumprir longas horas de serviço comunitário podem aprender habilidades para a vida, como práticas sustentáveis de agricultura e criação de animais. Além disso, eles encontram uma oportunidade de serem reabilitados em um ambiente muito mais adequado do que os convencionais.

“A Carolina do Norte é um dos dois últimos estados em que os jovens respondem por todas todas as acusações criminais como adultos aos 16 anos”, explica o fundador da iniciativa, Noran Sanford. “Quando alguns jovens de 16 anos chegam aos tribunais, eles ficam permanentemente limitados quanto a oportunidades de emprego devido ao seu registro criminal ‘adulto’.”

Em 2016, a fazenda também começou a admitir jovens enfrentando situações difíceis em casa, problemas na escola, problemas de saúde mental ou abuso de substâncias – para salvar vidas antes do início do ciclo de justiça criminal.

O modelo de terapia intensiva criado por Sanford foi responsável por uma redução de 92% na taxa de reincidência no crime entre os jovens participantes, enquanto a média nacional de reincidência criminal é de 43%.

“Estamos devolvendo esperança”, explica Sanford em uma entrevista. “Quando a esperança se esvai, cria um vazio bastante cruel, no qual muitas outras coisas mais sombrias podem ser atraídas. E, à medida que a América rural de baixa renda é deixada para trás, esse vácuo é mais forte. Estamos quebrando esse fluxo.”


Enquanto isso, os veteranos de guerra trabalham para obter diplomas universitários em ciências ambientais e agricultura sustentável. Juntos, esses jovens e idosos que vivem à margem da sociedade trabalham para reabilitar os campos abandonados (terras que podem estar contaminadas e devem ser limpas antes do uso futuro) e antigas prisões desativadas.

As colheitas produzidas pela fazenda Growing Change também são vendidas para restaurantes locais, um aspecto empresarial do projeto que permite que o programa seja auto-sustentável por anos, fertilizando o empreendedorismo nos corações de todos os que trabalham na fazenda.

O que você achou da iniciativa da ong Growing Chance? Você acha que daria certo em nosso país?

***
Abaixo, o vídeo sobre matéria (em inglês)

***
Redação CONTI outra. Com informações de

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.