No texto anterior, escrevi que a procura por atendimento psicológico/psicanalítico de casal aumentou vertiginosamente durante a pandemia devido ao isolamento domiciliar.

Os casais que muitas vezes se encontravam durante a noite foram obrigados a conviver muito mais horas dentro de suas casas e tiveram que entrar em contato de forma intensa com os seus parceiros.

Essa nova forma de convívio trouxe mais sincronia para alguns cônjuges, entretanto, para a maioria deles houve estranhamento e incômodo com as ideias, comportamentos e manias do parceiro (a).

A busca pelo atendimento de casal é a constatação que há algo para ser entendido na relação e o desejo de reestabelecer o equilíbrio entre os pares.

Podemos dizer que mesmo antes de se chegar ao consultório de um especialista, esse movimento já pode ser considerado o início do tratamento do casal e a vontade de alinhar a relação necessita de desejo para poder investir na psicoterapia do casal.

O psicólogo ou psicanalista é o profissional que por meio da escuta qualificada e técnicas específicas vai ouvir o casal, compreender a demanda que o levou a buscar ajuda e entender a dinâmica vivida por esse par que procurou atendimento. O casal encontra no consultório do especialista um lugar sigiloso, respeito e acolhimento com o objetivo de identificar as dores e angústias individuais e como a soma dessa complexidade resvala na relação entre os pares.

De forma simplificada para todos os leitores compreenderem, com a psicoterapia em curso, o profissional consegue mostrar ao casal o seu funcionamento e instrumentalizá-lo para expressar suas angústias, dores, frustrações e como trabalhar esses sentimentos dentro da relação, ou seja, o casal passa a conseguir identificar e elaborar os conflitos vividos na relação.

Como encontrar um profissional para cuidar do casal?

1. O primeiro e mais importante passo em relação a psicoterapia de casal é: o desejo de ambos de investir na relação;
2. Procurar um profissional. Busque recomendações com os amigos que conhecem o trabalho de um especialista. Pesquisar na internet também é uma alternativa, porém, tenha o cuidado de olhar o curriculum e a experiência.
3. Agende uma entrevista para conhecer o profissional. Se necessário, marque com mais de um, pois é importante que nesse início os dois se sintam à vontade e confiante no trabalho que será realizado.

Como funciona a psicoterapia/psicanálise de casal?

Assim como o atendimento individual, a clínica de casal há regras parecidas e importantes, que são estabelecidas para o funcionamento e resultados satisfatórios do acompanhamento psicoterápico/psicanalítico.

Muitos profissionais marcam uma entrevista individual para acolher e compreender a demanda de cada um dentro da relação. No segundo momento, o casal já frequenta o consultório juntos. Esse período é chamado de entrevistas, para conhecer a dinâmica e necessidade desse par. O atendimento de casal é semanal, tem duração de 50 minutos a 1 hora.

E é nesse espaço que os pares estarão salvaguardados para mergulhar profundamente nos seus anseios, dores, angústias e expectativas. E é nesse mesmo local que poderão conhecer suas ferramentas para elaborarem conflitos e renovarem o desejo de permanecerem juntos.

Texto: Elisângela Siqueira – Idealizadora da A Psicanalista Online
Imagem: Pexels

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Psicóloga com especialização em Psiquiatria e Psicologia da Infância e da Adolescência e em Psicoterapia Psicanalítica Breve. Mais de 10 anos de experiência. Atendimentos presenciais e online.