O lado oculto de cada um dos signos revela como ele pode ser conquistado.

Quando nos deparamos com novos personagens em nossas vidas perguntamos: De que signo você é?

“No texto, eu aponto o lado negativo que cada signo pode vir a ter e como “conquistar ” seu par de determinado signo, levando em conta esse lado, que podemos desenvolver ou não….

Não são características que sempre aparecem nos signos, mas podem existir….nem que seja uma pontinha.

Conhecer nosso lado bom e as potencialidades de nosso lado ruim nos torna mais atentos ao bem e a nossa jornada de autoconhecimento….

Me diga, depois da leitura,  o que você acha e se é capaz de chegar aos extremos aí apontados.” Marlyse Niero

Quase todos nós somos curiosos o bastante e conhecemos nosso signo solar, que na cultura ocidental se expressa em doze arquétipos e nos representa de acordo com a data de nosso nascimento. Obviamente, se fizermos e considerarmos nosso mapa astral, que descreve como estava o céu na data e hora exata de nosso despertar para vida no planeta Terra, saberemos que cada planeta traça suas trajetórias sobre signos diferentes e tais evoluções também fazem parte de nossas características pessoais, nos tornando únicos.

Nosso signo solar sempre esteve mais próximo de nós e acessível através da literatura e dos horóscopos que encontramos na mídia em geral. Ele determina características bem marcantes de nossa personalidade e nossa maneira de agir, inclusive diante do inusitado.

Procuramos o autoconhecimento e também conhecer o outro, de nosso interesse, através desta consulta “astral” que fazemos, quando nos deparamos com novos personagens em nossas vidas: De que signo você é?

Por n_defender/shutterstock

Nosso rosto captura e transcende nosso sentimento ao sabermos: Sou leão! E nos arrepiamos em lembrarmo-nos do ex-namorado orgulhoso e vaidoso. Sou peixes! E nos sentimos aliviados em lembrar da amiga alegre e sonhadora. Sou áries! E recordamos aquele primo charmoso, mas que brigava conosco!

Obviamente, o estudo do nosso signo solar não representa uma análise pessoal tão pouco profunda e, neste contexto, vamos alertá-lo a fim de evitar certas armadilhas que as características estereotipadas de cada signo podem trazer, na busca de seus relacionamentos, desvendando o lado oculto de cada signo.

Comecemos, pois,  com o signo de Áries, que inaugura o zodíaco astral, sob a influência do planeta vermelho, Marte.

Áries: O Frágil Guerreiro.

Embora Marte, o Deus das Batalhas, esteja influenciando sua aura, o lado sombrio do ariano revela uma fragilidade quase que incompreensível em alguém tão seguro. O Ariano é emocionalmente infantil e muito sensível, e esta sensibilidade sempre fica disfarçada numa esfera de força e poder, que ele sustenta a duras penas. Ele sabe enfrentar pessoas fortes e relacionamentos conturbados, mas o prejuízo emocional que isto causa é tão grande, que faz com que, muitas vezes, use isso como um escudo e se torne uma pessoa insensível à dor do outro, por estar muito constrito à sua própria dor. O Ariano nunca desiste e, mesmo tendo oportunidade de sair de perto, ele fica ao lado de quem o magoa, num eterno abrir e fechar das próprias feridas. Se quiser conquistar um Ariano, saiba ajudá-lo a cicatrizar seus ferimentos, olhá-lo e tratá-lo como uma criança, embora ele pareça uma fonte de maturidade e certezas. O Ariano precisa mais da paz do que das batalhas, pois, como todo soldado, sonha em voltar a um lar, onde tenha conforto e compreensão.

Touro: O Solitário Insaciável.

Os Taurinos, que nasceram sob a influência de Vênus, tem a fama de serem serenos, tranquilos e até glutões. E é nessa última característica que reside seu lado oculto. O Taurino não come em demasia. Ele é insaciável. Sua natureza, embora pareça expansiva, pois sempre tem muitos amigos e é simpático, é solitária. Mesmo sendo uma pessoa sociável, você pode notar que sempre está só. Vai a lugares sozinho e lá encontra amigos, gosta de esportes individuais, procura trabalhos autônomos, ou trabalhar em empresas onde possa ter cargos que não necessitem muita interação. Ou seja, são avessos a equipes, embora administrem situações assim, mas sem estarem satisfeitos. Também parecem pessoas que são excelentes para constituir uma vida a dois. E até desejam isso. Mas seu lado insaciável sempre se revela e o Taurino não consegue levar um relacionamento a sério, sem ter válvulas de escape. O Taurino é aquele que convida três pessoas para sair no mesmo dia, consegue administrar a situação e, de repente, vai embora sozinho. Mas no outro dia estará mandando bom dia para as três pessoas novamente e mais outras duas que conheceu. Lembre-se que, para relacionar-se com um taurino, você deve abrir mão da exclusividade e respeitar distâncias. Taurinos nunca amam quem os ama. Amam sempre a quantidade e o inacessível.

Gêmeos: A Energia Mal Direcionada.

Os nativos desse signo, sob a influência do Planeta Mercúrio, são considerados seres de dupla personalidade e inconstantes. Embora, seu lado oculto se revele nas suas próprias más escolhas. São mestres em colocar sua energia no que traz satisfação limitada. Tem muita vitalidade e vontade, mas canalizada para algo que não lhes traz alegria, reconhecimento ou compensação. E aí sentem-se injustiçados e acham que todos só aproveitam deles. Também não conseguem manter relacionamentos duradouros, e sempre estão em conflito com pais, mães, irmãos e filhos. Tratam muito bem e fazem tudo pelos amigos e recém conhecidos, mas não tem a mesmo comportamento com seu próprio núcleo familiar, mais uma vez resultado de colocar sua energia naquilo que não tem raiz. São ótimos trabalhadores, porém, custam a ser reconhecidos, pois esse conduta dificulta a criação de uma rede de admiração e respeito. E eles tem tanta necessidade de serem admirados que amam o trabalho e seus frutos acima de tudo. São pessoas que necessitam ter muitos bens materiais, pois acreditam que serão mais aceitos e valorizados por tê-los, outra vez canalizando sua energia no transitório.

Para relacionar-se com alguém deste signo é necessário paciência e tolerância e personalidade forte o bastante para direcionar a energia intensa que possuem de forma correta. E muito amor incondicional.

 

Por Aris Suwanmalee/shutterstock

Câncer: O Torturador Emocional.

O Canceriano, está para seu planeta regente, a Lua, como ela está para seu lado oculto! Ele nunca revela-se todo ao mesmo tempo, como o satélite em questão.

Tido como um ser emocional, amoroso e doméstico, a realidade atroz se revela quando o Canceriano é contrariado. Torna-se um frio e bem qualificado torturador emocional. Ele não se conforma de ser tão bom e não ser reconhecido e sabe transformar a vida de familiares e amigos em um inferno. Primeiro reveste-se de uma mágoa intensa, que incomoda o outro, transparece. Faz com que todos se sintam culpados por muitas coisas que nem existem na realidade, pois como são persecutórios, entendem que coisas corriqueiras que acontecem, como opiniões, situações estranhas ou mal entendidos, tem a ele como alvo exclusivo. Então se fecham e atingem seu pretenso algoz com olhos líquidos, raiva contida e um mutismo inquisidor. E sabem, como ninguém, fazer o outro se sentir mal com isso e correr a sua volta, tentando reconquistá-lo e agradá-lo. E como é difícil essa tarefa. Ele vai torturá-lo com esse comportamento ofendido até que não lhe reste mais forças. Então ele lhe dará um perdão limitado e sempre lhe lembrará, com um olhar ressentido, o mal que você lhe fez.

Relacionar-se com um Canceriano requer um certo masoquismo e uma tolerância infindável com a ingratidão. Mime-o e elogie-o constantemente e mesmo assim se blinde contra aqueles olhos eternamente acusadores!

Leão: O Protagonista Insatisfeito.

Quem se aproxima de um Leonino, que nasceu sob a luminosidade solar, muitas vezes pode entender que tanto orgulho e exuberância o levem a todas as conquistas possíveis e a amealhar tudo o que deseja. Ledo engano! A despeito de se sentir protagonista de sua própria vida e também o ente principal do mundo que o cerca, o Leonino é um eterno insatisfeito. Precisa estar sempre reafirmando seu poder e preponderância e o  faz de forma bizarra e que desagrada aos outros. Sua insatisfação lhe traz inimizades e provoca brigas e revoltas, preferencialmente no meio familiar ou com seus parceiros e relacionamentos amorosos. Conquanto sejam admirados, as pessoas muitas vezes desistem dos Leoninos por não conseguirem suprir suas vontades e desejos. Sempre querem algo mais do outro que não conseguem expressar. Afastam-se, muitas vezes, por entenderem que as pessoas não lhes dão o que merecem, embora não possam determinar o que seja. Vivem, literalmente, na caça por aquilo que nunca sentiram e sequer sentirão por não saberem definir o que querem.

Para quem gosta de emoções fortes e revezes inesperadas, o relacionamento com um Leonino pode ser impactante. Mas a possibilidade de sair machucado é grande. Portanto, há que se ter habilidade e muita criatividade para domar tal fera!

Virgem: O Inseguro Contido.

Os equilibrados virginianos também vem ao mundo sob a égide do planeta Mercúrio. Perfeccionistas e assertivos, poucos podem supor que a insegurança esteja em seu lado oculto. Pois, como toda característica de um Virginiano, essa insegurança é contida, é interna, não extrapola nem atinge ninguém mais que ele mesmo. O Virginiano é dotado de talentos práticos e surpreendentes, sabendo muito bem como e onde aplicá-los, desde que seja no mundo material, físico. Nas relações interpessoais e sentimentais, o Virginiano sempre deixa lacunas por sua insegurança. Deixa de dizer o que devia e perde oportunidades de aprofundar relacionamentos. Deixa passar pessoas que estão sinalizando que realmente gostam dele, por não acreditar-se capazes de serem amados. Perde grandes oportunidades de extravasar seu lado sentimental e sexual, por medo de não agradar, de falhar, de não ser o que se esperava. E com isso passam uma imagem de pessoa fria, de poucos sentimentos. Ao contrário, são excelentes amantes, dedicados esposos e esposas, pais e filhos amorosos, quando tem ao seu lado pessoas que compreendem toda essa insegurança e oferecem respaldo para que seus sentimentos possam fluir com confiança.

Para conquistar o tímido Virginiano, seja também assertivo, mostre a que veio e ofereça um porto seguro e uma mar calmo, sem tempestades emocionais ou espetáculos sentimentais.

 

Libra: o Mentiroso Contumaz.

Qual o mistério do agradável Libriano, que sob a influência de Vênus, ama as artes e a beleza acima de tudo? A capacidade de mentir. Na verdade o Libriano é um artista que faz da vida um palco e que deseja proporcionar sempre um belo espetáculo aos que com ele convivem, com final feliz. E não mede esforços para realizar tal intento, nem que para isso tenha que mentir, ludibriar, disfarçar a realidade. Seu lado oculto faz com que ele minta e omita coisas ruins, para deixar seu mundo equilibrado. Por vezes, devido a isso, ele sacrifica seu lado emocional, o que lhe faz muito mal, para que tudo pareça bem. O Libriano é capaz de jurar amor a quem não ama, e manter uma amizade eterna e aparentemente feliz com que verdadeiramente ama, sem nunca revelar isso, somente para que tudo esteja perfeito e seja belo. Com o sacrifício de seus próprios sentimentos, vive de aparências, porque entende que assim é que deve ser. É um dos poucos signos propensos mais ao amor incondicional do que ao amor pessoal. Ele ama a humanidade tão intensamente, que a odeia por não conseguir chegar à perfeição. Algumas pessoas, que já se relacionaram com Librianos, devem achá-los muito frios por terminarem relacionamentos sem que os mesmos pareçam estar ruins e não demonstrarem qualquer sentimento após isso. É que para o Libriano, o sentimento havia terminado há muito tempo, mas ele mantinha o relacionamento, da mesma maneira, com a mesma paixão, por que é mais bonito assim. Mas, um dia, disto se aborrece e, por não ter medo da solidão, sai simplesmente caminhando em sentido oposto, porque este também é um bom fim.

O relacionamento com um libriano pode ser muito enriquecedor, pois são divertidos, abertos a qualquer tipo de aventura e ainda pessoas elegantes no trato. Mas não seja ciumento, ou exija que ele não olhe para mais ninguém. Librianos podem ser fiéis, mas amam o belo e sentem necessidade de olhar para todos que lhe chamam a atenção e imaginar, simplesmente imaginar…

Escorpião: A Criança Triste.

Quem vê o escorpiano, com toda sedução e segurança que lhe emana seu planeta regente, Plutão, não imagine que a tristeza esteja em seu lado oculto. O escorpiano, embora pareça alegre, tem uma tendência atroz a sentimentos negativos e reage, muitas vezes, como uma criança contrariada. Ele é um dos signos que mais chora e sente-se castigado por coisas pequenas, que para outros signos passariam desapercebidas. O Escorpiano sofre intensamente com qualquer forma de bulliyng, com críticas, mesmo que suaves, com desapontamentos cotidianos. E muitas vezes reagem violenta e desproporcionalmente a essas revezes. Não admitem que seus projetos não sejam coroados de êxito e ficam muito magoados se entram em competições de qualquer tipo e não vencem. Tendem então a se isolar e sofre de forma desmesurada. São pessoas apreciadas por serem gentis quando estão de bem consigo mesmas, mas caso se desentendam com alguém falam coisas absurdas à pessoa e ofendem gravemente. Depois, ficam muito mal com tal comportamento e se fecham, sendo incapazes de pedir perdão. Como acima assinalado, trata-se de um comportamento infantil, que rendem inimizades.

Para conquistar um Escorpiano é preciso saber lidar com comportamentos imaturos e perdoar, mesmo que ele não peça perdão. Também entender os períodos de grande tristeza e ajudar quando eles deixarem você chegar perto. É estar pronto para um desafio cotidiano de compreensão e indulgência.

Sagitário: O Problemático Generoso.

Júpiter influencia positivamente os Sagitarianos, que são considerados aventureiros, generosos e otimistas. Entretanto seu lado oculto demonstra toda uma gama de problemas que ele não consegue resolver. Como o Escorpiano, muitas vezes reage desproporcionalmente a pequenas adversidades, pois as supervaloriza a ponto de transformá-los em traumas e sofrem por invenções de sua própria cabeça. O Sagitariano pode ser muito mal humorado e, como enxerga situações de conflitos onde não existem, acabam afastando as pessoas de si. Quando se arrependem por terem assim agido, tentam disfarçar e se reaproximam como se nada tivesse ocorrido. Mas, com o estrago feito, nem sempre conseguem refazer seus relacionamentos.

Como tem consciência desses seus defeitos, quando se envolvem emocionalmente, buscam agradar o parceiro presenteando-os, pagando contas em restaurantes, bares, motéis, literalmente pagando pelo amor do outro, a fim de serem compreendidos quando, enfim, criarem situações absurdas saídas de sua própria mente. Nem sempre dá certo e por isso também podem ser vítimas de pessoas mal intencionadas, que busquem aproveitar-se dessa sua generosidade.

Relacionar-se com sagitarianos requer paciência para entender seus problemas e uma mente que cria situações fictícias e nelas acredita. Também devem ser pessoas que se mostrem gratas e suportem ciúmes e um humor instável.

Por Viacheslav Lopatin/shutterstock

Capricórnio: O Manipulador Limitador.

Capricornianos são interessantes e persuasivos. Regidos por Saturno, são pessoas que usam sua persuasão tanto para o bem, quanto para o mal.

Gostam de manipular todos à sua volta, pois não abrem mão de sua opinião e querem que ela seja seguida incondicionalmente. Seus relacionamentos são tempestuosos, tanto na família, quanto com amigos ou parceiros. Seu lado oculto se traduz numa férrea determinação em moldar as pessoas a seu bel prazer. Muitas vezes agem como se o outro não tivesse sentimentos e seu dever fosse guiá-lo para o caminho que entende ser correto. Por isso, não respeitam sentimentos alheios e acham que estão fazendo um grande bem, pois consideram o outro ingênuo e incapaz.

Para que um relacionamento com um Capricorniano seja possível, é necessário ter uma personalidade forte e não ter medo de embates. Mesmo sendo manipulador, o nativo em Capricórnio é muito suscetível ao amor e ao carinho. Uma relação forte e muito afetuosa pode trazer equilíbrio a este ser dominador, que então aprenderá o respeito pelo outro.

Aquário: O Obsessivo Incansável.

Irreverência e liberdade são as premissas do Aquariano, regido por Urano e sempre disposto a experimentar novidades, sejam elas lícitas ou não. No entanto, este amante da natureza, tem como seu lado oculto tendências obsessivas. Em todos os segmentos de sua vida! Quando se apaixona por uma pessoa, trabalho ou causa, o Aquariano é insistente e desbravador. Mas, em demasia. O objeto do desejo do Aquariano é perseguido sem dó nem piedade, até a conquista final. Se for uma pessoa, esta não terá paz, até ceder. O Aquariano nunca aceita um não como resposta e vai atrás do que almeja, sejam quais forem as dificuldades. E essa obsessão, na maioria das vezes, causa traumas e grandes rejeições. Se você for escolhido por um Aquariano e não o escolher, vai ter um trabalho enorme para se livrar dele. Ele perseguirá, insistirá, aparecerá de surpresa, até cansar, o que será difícil, ou encontrar outro objeto de desejo. E, mesmo assim, nunca lhe esquecerá e se, depois de anos, reencontrarem-se, ele atacará novamente, mesmo estando com alguém a seu lado.

Se você se apaixonar por alguém de Aquário e  ele se apaixonar por você, maravilha! Viverão um amor intenso e até duradouro. Mas se você somente provocar um Aquariano e não o quiser mais, desapareça ou se prepare para um eterno retorno!

Imagem: Photosani/shutterstock

Peixes: O Mau Apostador.

Quem conhece o sonhador Pisciano, regido pelo planeta Netuno, sequer imagina que o seu lado oculto transite pelo enigma de enganar a si mesmo. Sim, o Pisciano é o campeão das apostas erradas que faz para a própria vida. Longe de enganar ao outro, o nativo de Peixes faz mal e engana a si mesmo. Por isso acaba prejudicando ao outro, pois suas más escolhas influenciam sua vida e fazem com que tenha o parceiro que na verdade não quis, filhos que cria de modo equivocado, familiares que agride ao invés de dar amor. E tudo isso lhe custa muito emocionalmente. Como o Libriano, o Pisciano tenta atuar na sua própria vida, parecendo feliz e satisfeito. Mas vive a perseguir os sonhos que não conquistou, entretanto sem coragem de desligar-se da vida que mal escolheu. O resultado é que, muitas vezes, ele parece feliz e satisfeito e outras revoltado e taciturno. Vive entre a euforia e a melancolia. Não consegue ser entendido por não se entender.

Aqueles que se envolvem com um pisciano devem tomar cuidado com esse aspecto e verificarem se realmente são a escolha certa. Caso contrário sofrerão com ele as consequências de um relacionamento infeliz, mas que se arrastará por muito tempo.

Imagem de capa: Por Dzhulbee/shutterstock

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Marlyse Niero
Marlyse Niero provém de uma família bastante ligada às artes. Entre os seu familiares há músicos, artistas plásticos, cantores. No início da vida adulta chegou a cursar a faculdade de Artes Cênicas, na USP, mas optou por não seguir com o curso por não ver perspectivas na profissão. Foi aí que ela cursou Direito, na USF, e atua como advogada da área cível e da família desde então.Hoje, além do trabalho com o Direito, possui um programa de variedades diário na Rádio Socorro.É também interessada pelo esoterismo desde os 8 anos, quando teve contato pela primeira vez com um baralho de Tarot e deu início a interpretações que vieram naturalmente, e aos estudos na área.