O homem espalha as cinzas de sua avó – então ele vê algo se movendo na água e se joga

E vocês, o que fariam em uma situação dessas?

Nem sempre nós podemos calcular a força da natureza. Foi o que aconteceu em  Melbourne, Austrália, quando Sue Drummond decidiu levar sua cachorrinha Bibi, para dar um passeio em um dia de muitos ventos.

O cachorrinha, mistura das raças maltês e shitzu, tem porte pequeno e era muito leve para enfrentar o vento forte e, quando Sue e Bibi chegaram ao píer, o vento a jogou para dentro da água.

O que aconteceu em seguida é um lindo exemplo sobre uma série de eventos que envolveu vidas completamente diferentes, mas que estavam no local certo e na hora exata para que uma medida extrema fosse tomada a tempo.

Após a queda de Bibi, e enquanto Sue está em total desespero, Raden Soemawinata participava de uma cerimonia para jogar no mar as cinzas de sua avó. Embora estivesse no meio de um ritual importante, o homem não pensou antes de pular no mar para salvar a vida da cachorrinha.

Raden tirou as calças e os sapatos e atirou-se ao mar furioso e frio, colocando sua própria vida em risco.

Ele nadou o mais rapidamente que pôde em direção da cadelinha, agarrou-a com um dos braços e voltou para o píer.

Quando os dois chegaram à terra firme, Sue abraçou Bibi e enxugou-a. Ela estava muito emocionada e imensamente agradecida a Raden.

Por seu ato de bravura, Raden Soemawinata recebeu uma medalha de honra da associação Animals Australia.

Agora Bibi está segura, seca e feliz. Sue não sai mais em dias de ventania.

Com informações de Newsner

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.