Muitas palavras e frases são usadas sem que se preste atenção ao seu significado: são ditas de forma mecânica, despojadas do seu real sentido.

A expressão “eu te amo” tem que ser utilizada com a plena consciência de seu significado: implica um sentimento e um compromisso muito sérios.

O sentimento “embutido” na expressão “eu te amo” indica que a existência do parceiro é muito relevante, pois provoca a sensação de aconchego.

Se a existência do parceiro em nossa vida é uma variável tão relevante, o usual é que se trate de consolidar o elo através de um compromisso.

Muitas pessoas atribuem um poder quase mágico às palavras: sentem-se apaziguadas e aconchegadas apenas por ouvir a expressão “eu te amo”.

Não deixa de ser curiosa a relação das pessoas com as palavras: afinal de contas, elas são apenas o veículo que “transporta” um significado.

No caso da expressão “eu te amo”, muito mais relevante que as palavras são os gestos de quem as pronuncia: quando não há concordância, valem as ações.

***

Fonte: – Considerações feitas pelo Dr. Flávio em abr/2011 (Twitter): https://bit.ly/2NjllUP; …; https://bit.ly/2N5oirJ
– Livro relacionado: “Para ser feliz no amor – Os vínculos afetivos hoje”

***

Abaixo, a publicação oficial:

Muitas palavras e frases são usadas sem que se preste atenção ao seu significado: são ditas de forma mecânica,…

Publicado por Flávio Gikovate – In Memoriam em Terça-feira, 7 de janeiro de 2020

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.