O amor da sua vida foi aquele que você jogou fora

Talvez você tenha encontrado um amor verdadeiro, mas o jogou fora. Ou quem sabe, esteja jogando fora nesse exato momento.

Talvez você tenha encontrado um amor verdadeiro, mas o jogou fora. Ou quem sabe, esteja jogando fora nesse exato momento. Talvez, no futuro, você olhe para trás e se dê conta de que aquela pessoa era tudo o que você queria caminhando ao seu lado. Um filme vai passar em sua mente, mostrando toda a beleza que vocês viveram e sentiram. Talvez você vai achar lindo até os defeitos que você tanto criticava nele(a)

Possivelmente, você vai estar com outra pessoa, alguém bacana, mas não vai sentir aquele amor intenso que sentiu no passado. Talvez seja aquela relação morna, sem frio na barriga, bem diferente do que você gosta e já viveu. E você vai buscar aquela pessoa na sua atual relação, ainda que de forma inconsciente. Vai se esforçar, dar o seu melhor, mas sentirá aquela frustração, porque ele(a) não terá o cheiro, a voz, o jeito e os trejeitos dele(a).

Você vai se lembrar do quanto era feliz com ele(a) mesmo sem ter se dado conta disso na época. Vai se lembrar do quanto amava a risada e as bobagens dele(a). Vocês na praia, no restaurante, no meio da rua, sentados num banco de praça comendo pipoca, os abraços no aeroporto que faziam o mundo parar, os momentos de amor intenso… tudo isso você vai carregar em forma de saudade que corta feito navalha.

E você vai chorar, o seu travesseiro e o seu chuveiro serão testemunhas disso. Sabe, chorar pelo fim de um amor faz parte da vida de quase todo mundo, não sei ao certo. Contudo, a angústia é maior quando você se dá conta de que foi você o responsável por estragar tudo ou quase tudo. Vai se dar conta de que, se voltasse no tempo, abriria mão de todos aqueles contatinhos que você insistia em chamar de amigo(a) para ele(a), apesar de todas as evidências de que a realidade era outra.

Vai se dar conta de que milhares de contatos virtuais não valem uma única vida que deseja construir uma história bonita contigo, mesmo com todas as dificuldades e diferenças entre vocês. Vai perceber o quanto é ilusório esse sentimento de ser desejado nas redes sociais, porque, no fim das contas, você não pode contar com nenhuma dessas pessoas que enchem as suas fotos de coração. Elas, certamente, se comportam assim com centenas de outros contatos.

Você vai se dar conta de que já foi agraciado(a) com um amor incrível, mas, infelizmente, não soube cuidar dele ou não estava disposto a pagar o preço que uma relação gratificante exige. Faz parte, você não é o(a) única a passar por isso. Que pena, moço(a), aquele amor nasceu desesperado para se materializar, para ser eterno, contudo, morreu, aliás, ele viverá em suas lembranças e nas lembranças dele(a), apenas no plano da imaginação. Ele(a) será eterno(a) em sua memória, sinto muito te informar.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Sou uma mulher apaixonada por tudo o que seja relacionado ao universo da literatura, poesia e psicologia. Escrevo por qualquer motivo: amor, tristeza, entusiasmo, tédio etc. A escrita é minha porta voz mais fiel.