Novo clipe da cantora gospel Cassiane causa revolta por romantizar violência contra mulher

O polêmico clipe mostrava uma mulher que sofre violência doméstica dizendo que oraria e perdoaria o marido agressor. Em nenhum momento se falava em denunciar.

REDAÇÃO CONTI outra

O recém lançado clipe da música “A voz”, da cantora gospel Cassiane, foi alvo de uma enorme polêmica nos últimos dias. Isso porque muitos internautas acusaram o vídeo de romantizar a violência doméstica.

O polêmico clipe mostra uma mulher que sofre violência doméstica dizendo que oraria e perdoaria o marido agressor. Em nenhum momento se fala em denunciar.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Vai ficar tudo bem… Eu sei! Eu sei quem eu sou em Deus! . . “Apeguemo-nos firmemente, sem vacilar, à esperança que professamos, porque Deus é fiel para cumprir sua promessa”. (Hebreus 10:23) E eu sei q tenho promessa DELE! Se me conhecessem ou pelo menos respeitassem minha história (de 39 anos dando frutos)… Com amor falariam: “Cassiane, seria bom colocar a informação da denúncia no clipe…” É um assunto extremamente real. Mas não é isso que está acontecendo! Recebi vários ataques e julgamentos terríveis de pessoas que dizem “pregar o amor” mas são tão insensíveis que não pararam um instante se quer p/ ver o histórico, p/saber se foi proposital ou um erro, uma falha! Atacam como se “jogassem no lixo” toda uma história! Deus me conhece… E sabe que sou a favor da denúncia! NUNCA falaria p/ qualquer pessoa p/ não denunciar e viver sob agressão! Inclusive, ousadamente incentivamos no clipe a vítima mesmo guiada pela fé, a romper essa história e mudar de postura. Os inimigos de Deus, não creem que Deus pode sim, fazer esse milagre, e transformar qualquer pessoa. Eu creio e vou crer até o fim! Porém, na mesma hora falei c/ a gravadora, e a MK prontamente entendeu q houve uma falha ao aprovar sem essa informação tão importante. A HUMILDADE PROCEDE DE DEUS! Sou humilde e aceito que houve uma falha, um erro em não expor sobre a denúncia explicitamente. Reafirmo que sou totalmente a favor da denúncia! Quem acompanha a minha história, saberia que eu apoio a denúncia de qualquer tipo de crime! A Biblia é meu manual de Fé: Deus é Amor mas é Fogo consumidor! Eu sou serva verdadeira do Deus altíssimo!!! Não sou “fake”, não vivo de mentiras! O @jairomanhaes_ me perguntou: Cassi teu coração está limpo? Eu disse sim! Então guarde isso: Para Amigos, você não precisa dar explicações. P/ os “inimigos” não adianta se explicar. De qualquer forma… Eu e a MK (Marina q é a responsável pelo roteiro), já estamos agindo, e com humildade (como já disse), peço perdão e já começamos com as mudanças… estamos corrigindo. Denuncie: DISQUE 180 #NãoAAgressão #NãoSeCale A Paz do Senhor Jesus a todos!

Uma publicação compartilhada por Cassiane (@cassianecantora) em

As críticas ganharam peso após o ex-bbb Rodrigo França comentar sobre o clipe no Twitter.

“O clip é cruel, violento, desonesto e criminoso. Romantizar qualquer tipo de violência é perversidade. Denuncie! LIGUE 180”, pediu ele na postagem.

A postagem de Rodrigo foi retuitada pelo youtuber Felipe Neto, que endossou as críticas.

“Meu Deus do céu… Que que aconteceu nesse clipe? Meu Deus do céu. MEU DEU DO CÉU!!!”, escreveu, no Twitter.

Depois da repercussão negativa do clipe, a cantora Cassiane publicou um texto em seu instagram falando sobre o assunto. Ela critica aqueles que a julgaram pelo clipe e reforça alguns pontos de vista, mas pede perdão por não deixar explícito no vídeo que a mulher vítima de agressão faz uma denúncia ao marido.

“Os inimigos de Deus, não creem que Deus pode sim, fazer esse milagre, e transformar qualquer pessoa. Eu creio e vou crer até o fim! Porém, na mesma hora falei c/ a gravadora, e a MK prontamente entendeu que houve uma falha ao aprovar [o clipe] sem essa informação tão importante. […] Sou humilde e aceito que houve uma falha, um erro em não expor sobre a denúncia explicitamente. Reafirmo que sou totalmente a favor da denúncia!”, escreveu a cantora.

Cassiane ainda pediu perdão pela abordagem do clipe e anunciou uma nova versão dele.

“Eu e a MK (Marina que é a responsável pelo roteiro), já estamos agindo, e com humildade (como já disse), peço perdão e já começamos com as mudanças… estamos corrigindo.”, escreveu a cantora.

Na nova versão do clipe, a mulher agredida pelo marido aparece ligando para o 180 e o agressor sendo preso.

Confira:

A carta com a vítima dizendo que orará e perdoa o marido é mantida. “Reconheça a voz de Deus. Deixa ela estremecer o seu coração. O timbre santo do Senhor há de te curar, pois Ele é a Voz que restaura a vida. Oro por você. Perdoo você”, diz o bilhete.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Metrópoles e Correio Braziliense

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.