Nova York implementa “estacionamento humano” para manter distância social nos parques

Todos os parques terão áreas demarcadas, separadas por 1,5 metro, para garantir que haja uma distância segura. Será que é uma medida adequada?

CONTI outra

O coronavírus provavelmente mudará o mundo, o cotidiano não será mais como o conhecíamos até agora, principalmente em quesitos como o distanciamento social e à solidariedade. Teremos que aprender a nos relacionar com mais gentileza, respeitando estritamente os espaços. No Brooklyn, em Nova York, eles já deram um passo em direção a essa “nova normalidade”.

O “Domino Park”, de Nova York implementou vagas de “estacionamento humano”, com círculos pintados na grama feitos para manter a distância social necessária. A ideia é delimitar o espaço que cada pessoa pode ocupar, evitando contato e diminuindo o possível contágio, mas será realmente uma medida eficaz?

A quarentena e isolamento social parecem ser uma das poucas ações eficazes na situação atual, especialmente nos países com recordes de infectados. Alguns dizem que a medida do estacionamento humano é altamente antecipada, afinal, ainda é estritamente necessário ficarmos em casa.

Acontece que, apesar de ter mais de 1 milhão de infecções, muitos habitantes dos Estados Unidos não respeitam as medidas e até se queixaram contra elas. O grande número de pessoas em parques é de assustar, e, por isso, a ação do estacionamento humano teve que ser implementada.


As imagens falam por si, muitas pessoas estão aproveitando o clima quente e os espaços verdes, formando aglomerações. Diante disso, as autoridades tomaram esta iniciativa de delimitar o espaço.

Ao mesmo tempo, eles limitaram a entrada desses parques, para impedir que muitas pessoas entrem ao mesmo tempo. Então, uma pessoa só pode entrar no parque quando houver um estacionamento vago.



A maioria das pessoas que frequentam os parques não seguem as orientações sobre máscaras, portanto, as ações de delimitação de espaço se tornam ainda mais necessárias.

A irresponsabilidade dessas pessoas é bem grande, não podemos esquecer que quanto mais sairmos de casa, maior será a taxa de infecção. Portanto, se puder, fique em casa! Depois que superarmos isso você terá muito tempo para ir ao parque.

 

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.