O mais recente lançamento musical da dupla sertaneja Israel & Rodolffo, “Dar Uma Namorada”, tem sido alvo de muitas críticas nas redes sociais. Internautas apontam que a letra da música faz apologia ao abuso contra a mulher.

No último sábado (20), a psicanalista e doutora em psicologia Manuela Xavier postou em seu Instagram um vídeo de repúdio à canção que diz “Cê não vai me iludir de graça/ Me atiçou, vai ter que dar uma namorada”.

Em seu vídeo, a psicanalista divulga dados sobre o abuso contra as mulheres no Brasil e diz:

“A música conta a história de um desenrole entre um casal e ele fala assim ‘me atiçou, vai ter que dar uma namorada’. Essa música, escrita hoje em 2021, com a mentalidade de 1920, diz que se a mulher for vítima de abuso a culpa é dela, porque ela atiçou, ela provocou. Qualquer semelhança com ‘qual era a roupa que ela usava’, ‘mas ela estava pedindo’, ‘mas ela estava fazendo doce’, qualquer semelhança com isso não é mera coincidência. A música lançada ontem pela dupla Israel e Rodolffo é uma apologia clara ao abuso contra a mulher.”.

“Então eu faço esse vídeo para você, mulher, que talvez já tenha vivido uma violência sexual e que acha que a culpa é sua e que acha que você sofreu essa violência porque não soube dizer não ou porque a roupa estava muito curta, saiba que em uma relação de duas pessoas ‘não é não’”, completou Manuela.

Na mesma publicação, Rodolffo respondeu: “Boa noite, Manuela. Tudo bem? Olha, primeiramente eu acho que você está exagerando nas observações, pois a gente faz música para homem e para mulher, uma mulher pode cantar para um homem essa letra,ela é unissex. É uma música alegre, descontraída, para as pessoas se divertirem cantando. Sou totalmente a favor da causa, estou com você. Agora vir criticar o meu trabalho induzindo as pessoas a pensarem que é uma música machista, não. Foi feita para a mulher cantar também”.

A autora do vídeo ainda responde dizendo “Rodolffo, você se equivoca DUPLAMENTE. Eu sou uma mulher. Eu sei o que é cultura do estupro. Não será VOCÊ, um homem, a me dizer o que é ou não machista, até porque isso seria MUITO machista, concorda? Converse com mulheres. Converse com coletivos feministas. Nesse vídeo eu explico perfeitamente o por que dessa música ser um erro. Gaste 5 minutos do seu tempo e aprenda”.

Assista ao vídeo completo:

***
Redação Conti Outra, com informações de Portal Popline.
Foto destacada: Instagram @israelerodolffo

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.