Na última quart-feira (14), Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, sancionou uma nova lei que poderá mudar muitas coisas em relação aos cuidados de animais domésticos. A lei é uma vitória para os cães e gatos e diminui os maus tratos a esses peludos.

Publicada no Diário Oficial, a Lei Municipal 6998 torna passível de multa todo acorrentamento de animais no município, se enquadrando como o crime de maus tratos, independentemente de avaliação técnica de um veterinário.
O crime conta com penalidade, para pessoas físicas, entre R$1 mil e R$5 mil, já para comércios e pessoas jurídicas, pode chegar a até R$ 10 mil.

Há tempos o acorrentamento de animais vem sendo discutido em todos os cantos do Brasil, o ato é extremamente prejudicial à saúde dos bichinhos e completamente desumano por parte dos donos. Cães e gatos precisam de espeço, liberdade e bons cuidados.

A lei é de autoria do vereador Marcos Paulo, do PSOL, que deu um discurso emocionante para o jornal Diário do Rio. “Infelizmente esse hábito ainda é muito comum, mas esta prática é cruel e deve ser abolida de nossa sociedade. Já está mais do que provado que os animais são capazes de sentir dor, medo e alegria”, diz ele.

Lembre-se, caso você tenha conhecimento de algum animalzinho passando por maus-tratos no Rio de Janeiro, não tenha medo e ligue para o 1746 da Prefeitura do Rio, para o Disque Denúncia (2253-1177) ou para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (2202-0066).

Com informações de Adote um Cachorro

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.