Noiva traduz seu casamento em Libras para celebrar junto de amigos surdos

O casamento bombou nas redes sociais, e não é a toa que todos se envolveram com a história.

Ana Carolina Conti Cenciani

Kéziah Costa, de 27 anos, e Luan Wagner, de 21, cativaram a todos com seu casamento que foi pra lá de emocionante. O diferencial foi que toda a cerimônia foi celebrada em LIBRAS-Língua Brasileira de Sinais para que os amigos surdos do casal pudessem participar da mesma maneira que os outros convidados. “O casamento foi planejado para ser acessível para ouvintes, surdos e ao meu amigo surdocego”, contou Kéziah ao R7.

O casamento ocorreu no último sábado, dia 11, em Ribeirão das Neves, região metropolitana da capital mineira. A cerimônia aconteceu na Igreja Cristã Maranata, a qual possui uma Comissão de Assistência aos Surdos e aos Surdocegos, motivo que incentivou a noiva, Kéziah, a se tornar professora da língua de sinais.

“Ter a libras no nosso casamento era uma forma de orgulho, para demonstrar aos nossos amigos surdos que eles têm o mesmo direito e estão no mesmo patamar”, afirma.

“Eu quis participar em Libras com eles”
Reprodução/Emerson Garbini Fotografia

Durante o casamento, Kéziah até tentou se manter firme na posição de noiva, mas não conseguiu segurar a emoção de ver a cerimônia acessível a todos os seus convidados. “Quando começou os louvores, eu disse para meu noivo que cantaria em LIBRAS com eles. Luan, no mesmo momento falou ‘então me dá o buquê’, não daria para cantar com a mão ocupada”, ela relembra.

“Para nós, a língua de sinais não é inferior à língua oral. Já convivemos com ela no nosso dia a dia e entendemos que as duas têm o mesmo nível.” Kéziah também afirma que a tradução não atrapalhou o casamento em nenhum momento e até mesmo o valorizou. “Todos ali estavam incluídos e isso era nosso desejo. Havia uma equipe de intérpretes que trabalharam voluntariamente, pois é o modo de trabalho que já fazemos”, afirma.

Os intérpretes interpretavam para os surdos enquanto a cerimônia acontecia
Reprodução/Danilo Carlos da Silva

 

Com informações de R7

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.