Nascem na Sibéria 16 filhotes de felino raro. parecem de pelúcia

Você nunca viu gatos como esses! Os 16 exóticos filhotes de gatos-de-pallas que acabaram de nascer na Sibéria são de uma beleza incomparável.

REDAÇÃO CONTI outra

Os apaixonados pelos felinos receberam com festa a notícia de que acabam de nascer 16 filhotes do raríssimo gato-de-palla, também conhecido como manul. O anúncio foi feito pelo Parque Zoológico de Novosibirsk, na Sibéria, através da rede social VKontakte.

“No Zoológico de Novosibirsk, três gatos-de-pallas deram à luz. Agora, temos um total de 16 filhotes: uma fêmea teve três filhotes; outra, teve cinco; e a terceira, oito”, anunciou, em um comunicado, a instituição siberiana.

Reprodução/Facebook/Parque Zoológico de Novosibirsk

Tanta comemoração em torno do nascimento dos filhotes se dá especialmente pelo fato de o gato-de-pallas, originário das estepes e montanhas do sul da Sibéria e da Ásia central, ser uma das espécies ameaçadas de extinção incluídas no Livro Vermelho de Espécies Ameaçadas da Rússia.

Segundo a Sociedade Geográfica Russa, no início dos anos 2000, apenas entre 3 mil e 3,6 mil exemplares da espécie viviam no país.

Reprodução/Facebook/Parque Zoológico de Novosibirsk

A espécie foi vítima de vários fenômenos e praticamente desapareceu das estepes nos últimos 20 anos. Um dos principais motivos para isso ter acontecido é que o animal é particularmente vulnerável à caça furtiva, pois, em vez de fugir do perigo, congela instantaneamente diante da ameaça, facilitando o trabalho da presa.

Outro fator que pesa para que o gato-de-pallas tenha praticamente desaparecido é o fato de eles serem frequentemente atropelados por veículos. Outra causa comum de óbito desses animais é por envenenamento, depois de consumirem roedores que, por sua vez, foram contaminados por produtos químicos.

Atualmente, o Zoológico de Novosibirsk, um dos maiores da Rússia, se tornou praticamente uma reserva para preservação dos gatos-de-pallas. Em mais de 20 anos, o local viu nascer 64 animais da espécie, que mais tarde foram enviados para parques mundo afora.

***

Fotos: Reprodução/Facebook/Parque Zoológico de Novosibirsk
Redação CONTI outra. Com informações de G1

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.