Na Tailândia, aviões de guerra agora são usados para bombardear sementes em áreas desmatadas

É sempre incrível quando conseguimos encontrar uma nova e melhor utilidade para alguma coisa, não é mesmo? Esse é o caso da Tailândia, país do sudeste asiático que descobriu o melhor uso possível para aviões de guerra. Agora eles espalham esperança e amor.

REDAÇÃO CONTI outra

É sempre incrível quando conseguimos encontrar uma nova e melhor utilidade para alguma coisa, não é mesmo? Esse é o caso da Tailândia, país do sudeste asiático que descobriu o melhor uso possível para aviões de guerra. Agora eles espalham esperança e amor.

Após acordo internacional que proibiu definitivamente o uso de minas terrestres em conflitos, 100% dos aviões C-130 da Força Aérea Real do país, que antes eram usados para atirar minas no solo, foram adaptados para bombardear sementes.

Quem desenvolveu a técnica foi o britânico Jack Walters. A prática consiste em sobrevoar áreas desmatadas do país para atirar as sementes, que são lançadas dentro de uma cápsula biodegradável e pontiaguda para garantir que perfurem o solo. As cápsulas contam ainda com adubo, a fim de reforçar o sucesso do plantio.

Com a ajuda dos aviões militares, é possível plantar até 900 mil árvores por dia em áreas desmatadas. Estima-se que 70% das sementes lançadas vinguem em até um ano, reflorestando pouco a pouco o território tailandês.

Ah, se todos os aviões de guerra fossem usados com essa finalidade!

***

Redação Conti outra. Com informações de thegreenestpost.com

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.