Em cala Portalga, na Itália, um antigo barco foi transformado em uma biblioteca de troca de livros, gratuita para todos, onde você pode pegar um livro e lê-lo em frente ao mar.

O barco foi dividido ao meio, metade sediou o presépio durante o inverno, enquanto a outra metade foi colocada em um lindo recanto panorâmico, em um penhasco, de frente para o mar e repleto de livros, acompanhado de um convite que diz, “pegue um livro, deixe um livro”, e um lindo pensamento pintado acima do barco e dirigido a todos: “A pesca deu lucro, os remos viraram asas e o mar tingiu-se da lua. Pare, ancore aqui. Leia, respire, ame”.

Na biblioteca à beira-mar, a consulta é gratuita e qualquer pessoa pode pedir um livro emprestado, ou adicionar livros que queira partilhar. Neste momento, existem cerca de 100 volumes, que ocupam por completo as três estantes inseridas no barco.

Os pescadores que participaram da iniciativa dizem que seu barco-livro está dando certo e que em dias de sol não é incomum que visitantes e amantes da leitura pegem emprestado um livro e o leiam à beira-mar.

Foto: Reprodução/Polignano It.

Os pescadores queriam, ao mesmo tempo, valorizar tanto a enseada, com a sua cultura e tradição, como a leitura, bem como a possibilidade de viver mais devagar, parando, “lançando âncora” e saboreando os prazeres que muitas vezes surgem numa pressa, descuidada, como curtir algumas páginas de um bom livro, de frente para o mar.

Uma maneira simples e bonita de valorizar as tradições e a cultura do lugar.

***
Redação Conti Outra, com informações de Positizie e Repubblica.it.
Foto destacada: Repubblica.it

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.