Na China, crianças voltam às aulas com ‘chapéu-helicóptero’ para garantir distância dos colegas

Uma iniciativa criativa, útil e divertida para as crianças lidarem com essa situação tão grave. Parabéns aos envolvidos.

Ana Carolina Conti Cenciani

A China é o epicentro da pandemia mundial de coronavírus, o país já chegou a registrar 84.338 casos de Covid-19, com mais de 4.600 mortes. O primeiro caso ocorreu no dia 31 de dezembro de 2019 e foi registrado como uma misteriosa pneumonia.

O país, mesmo sendo o primeiro a registrar o Covid-19, já conseguiu controlar a situação e iniciou a retomada de atividades, agora, dando exemplo ao mundo de como se comportar diante do vírus com protocolos rigorosos de segurança.

Após quatro meses de férias devido à pandemia, os estudantes de Pequim e Xangai agora voltaram à rotina de aulas, adicionando alguns cuidados indispensáveis que foram adotados como medidas de segurança pelo governo chinês.

Ao sair de casa, as crianças devem enviar um protocolo de saída da residência, onde precisam medir a temperatura e gerar pelo celular o QR code de saúde, depois enviar tudo no grupo da escola para as professoras verificarem. ⠀

Na escola, os alunos passam por um scanner de temperatura na entrada. O uso da máscara é obrigatório, sem autorização de sua retirada até a chegada em casa. As crianças também devem permanecer sempre a uma distância segura dos seus colegas, portanto, duplas e rodas de conversa por enquanto não são permitidas.

Sendo assim, a escola de ensino básico Yangzheng, em Hangzhou (província de Zhejiang, China) adotou uma medida curiosa e divertida para garantir que os alunos fiquem distantes uns dos outros. Os estudantes passaram a usar um “chapéu-helicóptero”. As hélices giram e totalizam um metro, para delimitar o diâmetro de segurança que não pode ser invadido por outras crianças.

O chapéu foi produzido na casa da alunos, onde puderam customizar do jeito que quisessem. Os materiais usados foram variados, desde papelões simples até balões de festa infantil, do tipo usado para fazer formas de animais.

“O nosso slogan é: Use o chapéu de um metro e mantenha distância de um metro”, disse Hong Feng, vice-diretor da escola. Uma iniciativa criativa, útil e divertida para as crianças lidarem com essa situação tão grave. Parabéns aos envolvidos.

 

Com informações de Extra

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.