O Museu Grévin é um museu de cera em Paris, localizado no Boulevard Montmartre. Ele foi fundado em 1882 por Arthur Meyer, Alfred Grévin e Gabriel Thomas e é um dos museus de cera mais antigos da Europa.

Nesta terça-feira (01) o museu retirou a estátua de cera de Vladimir Putin, presidente da Rússia. A ação foi em protesto contra a invasão da Ucrânia pelas tropas russas. Além disso, alguns visitantes já haviam danificado a estátua durante o fim de semana, também em protesto.

Estátua de cera do presidente russo Vladimir Putin sendo embalada em uma caixa antes de ser armazenada no museu Grévin, em Paris — Foto: Julien de Rosa/AFP

A peça foi criada em 2000, mas agora será colocada em um armazém até segunda ordem.

“Hoje não é mais possível apresentar um personagem como ele… Pela primeira vez, na história do museu, nós estamos retirando a estátua por causa dos eventos históricos que estão ocorrendo”, disse Yves Delhommeau, o diretor do local, à rádio France Bleu.

O Museu Grévin considera substituir Putin de cera por uma imagem de Volodymyr Zelensky, o atual presidente da Ucrânia, cargo para o qual foi empossado em maio de 2019.

Com informações de G1

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.