A sul-africana Aviwe Mazosiwe adotou uma medida drástica para conseguir perder peso: ela recorreu a um dentista, que lhe colocou nos dentes um aparelho que prendeu suas mandíbulas para que, assim, ela mantivesse a boca fechada.

Pesando 106 quilos na época, precisava perder peso para ser submetida a uma cirurgia de redução de mama. Sem disciplina alimentar, ela resolveu apelar para uma medida não recomendada pelos médicos, e procurou um consultório odontológico. Ela uniu as mandíbulas pelo aparelho no dia 27 de junho.

Aviwe contou sua história em detalhes em vídeos no TikTok e recebeu tanto elogios quanto críticas.

“Tive muitos comentários negativos, mas não consigo me lembrar de todos porque tentei não me concentrar neles”, afirmou. “É uma loucura quantas pessoas são fixadas em vômito”, comentou ela sobre as perguntas que recebe sobre o que faria se precisasse vomitar.

A sul-africana ficou de boca literalmente fechada por sete semanas, comendo apenas alimentos líquidos e pastosos, como sopas e sucos. O processo de alimentação exigia paciência, uma vez que havia pouco espaço para o alimento passar. Ao fim dessas sete semanas, ela emagreceu 14,3 quilos.

Após retirar o aparelho, Aviwe se presenteou com “um hambúrguer jalapeño do meu lugar favorito”.

“Tive que esperar alguns dias depois de remover o aparelho. Leva um dia ou dois para você conseguir abrir bem a boca ou mastigar confortavelmente porque o músculo fica um pouco rígido por ter ficado na mesma posição”, contou.

Depois de comer o hambúrguer, Aviwe voltou para o regime. Ela aderiu ao jejum intermitente, que consiste em ficar sem comer por longos períodos.

“Eu entendo que seja um pouco extremo, mas realmente me ajudou durante minha luta com a disciplina.”, disse Aviwe.

***
Redação Conti Outra, com informações do UOL.
Imagens: TikTok/Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.