Viralizou nas redes sociais na última quarta-feira (10) uma sequência de áudios que indicam o suposto término de um relacionamento. Na gravação de voz, provavelmente enviada pelo WhatsApp, uma mulher desdenha do homem com quem ela se relacionava simplesmente por causa da sua origem.

“Alexandre, você não sabe nem escrever, é ‘você vai vir’, com ‘r’. E outra coisa, nós somos de níveis sociais completamente diferentes, eu não gosto de frequentar o Guará, nunca frequentei o Guará, não vou frequentar o Guará. Você tá me entendendo?”, afirma.

A mulher diz ainda que prefere frequentar locais como o Lago Sul e o B Hotel, classificados por ela como ambientes ideias para pessoas de maior poder aquisitivo.

“Eu sinto muito. Eu não piso no Guará, eu não nasci pra isso. Você mandando ‘você vai vim’, não é isso, é ‘vir’. Escuta minha mensagem anterior, sério não dá pra relacionar com pessoas de níveis culturais diferentes”, continuou ela.

“Cara, eu fiz mestrado fora, tenho curso superior, tenho pais milionários, tenho tudo. E tenho que ficar me rebaixando indo no Guará? Comprar frios pra ficar tomando com você numa varanda cheia de carros. Nem mesa tem na varanda. Ah, tenha dó, Alexandre”, finaliza.

Depois que o áudio vazou na internet e viralizou nas redes sociais, muitas pessoas têm manifestado sua solidariedade a Alexandre, alvo das humilhações. Alguns até se dispuseram a organizar uma vaquinha para comprar uma mesa para a varanda do jovem.

***
Redação Conti Outra, com informações de Pragmatismo Político.
Imagem de capa: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.