Você já imaginou trocar um item tão simples quanto um grampo de cabelo por uma casa? Por mais díficil que seja acreditar nessa história, ela realmente aconteceu. A autora dessa façanha é a americana Demi Skipper.

Em entrevista à BBC, ela conta que tudo começou no início da pandemia de Covid-19, quando se viu sem ter o que fazer. “Não estava saindo ou vendo amigos, então decidi me lançar nesta missão”, disse ela.

Foi então que, em março de 2020, durante o lockdown, ela assumiu o desafio de a trocar itens com pessoas desconhecidas. O primeiro item trocado foi justamente um grampo de cabelo.

Entretanto, o desafio não era assim tão simples, pois nem sempre os objetos estavam funcionando. Demi, então, os consertava e seguia com as trocas.

Agora, depois de fazer 28 negociações, ela chegou à sua última troca, recebendo as chaves de uma casa. Ela e o marido estão prestes a se mudar de San Francisco, na Califórnia, para Clarksville, no Tennessee.

Todo o processo foi registrado nas redes sociais e acompanhado pelos seguidores de Demi. Com o tempo, seu conteúdo foi atraindo interessados e hoje ela conta com 5 milhões de seguidores e 64 milhões de curtidas na rede social chinesa.

O desafio das trocas foi inspirado no canadense Kyle MacDonald, que iniciou sua jornada trocando um clipe de papel vermelho até conseguir uma casa, após 14 negociações, em 2005.

O objetivo de Demi a partir de agora é se tornar a primeira pessoa a fazer isso duas vezes.

“Há algo de especial nisso. Ou seja, não pode parar por aí. Em hipótese alguma, vou parar de fazer isso”, diz ela à BBC.

***
Redação Conti Outra, com informações de BBC.
Foto destacada: Reprodução/BBC.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.