Há cerca de três semanas, Emma Jane Kidd encontrou três animais muito estranhos se aninhando na cama de Merlin, seu cão de estimação.

Tudo começou quando a mulher ouviu barulhos estranhos vindo do cantinho de Marlin. Quando Emma se aproximar do local, viu a família aninhada embaixo da cama. Ela identificou os animais: eram quendas, também conhecidos como bandicoots marrons do sul, um marsupial nativo do sudoeste e sul da Austrália.

Se abrigavam na caminha de Marlin a mãe quenda e seus três filhotinhos. Ao ver Emma e o cão, a fêmea fugiu, deixando para trás os filhotes de apenas um mês de vida.

Com o intuito de amparar os indefesos animaizinhos, Emma acionou o Darling Range Wildlife Shelter – uma organização sem fins lucrativos que trata e reabilita a vida selvagem nativa australiana para soltá-la de volta a natureza.

Os voluntários da instituição ficaram muito surpresos com o fato de animais que tradicionalemnte vivem na mata haviam buscado refúgio na casa de uma pessoa, pois vivem na mata.

“Quendas geralmente vivem em quintais e matas locais”, disse um representante do Darling Range Wildlife Shelter ao The Dodo. “Não é incomum vê-los se você mora nas colinas. Mas essas quendas fazendo ninho na cama do cachorro na varanda da casa é muito inusitado.”

Nas redes sociais, a ONG fez uma publicação com o objetico de conscientizar as pessoas sobre o que fazer caso encontrem um animal selvagem em casa.

Sgundo a ONG, o procedimento correto é buscar ajuda profissional ao invés de tentar reabilitá-lo por conta. Assim como fez Emma que ao encontrar as quendas buscou ajuda da instituição.

“[Os animais] precisam ser levados para reabilitadores de vida selvagem licenciados o mais rápido possível e não mantidos por membros do público”, disse o representante do abrigo.

As irmãs ficarão sob o cuidado do santuário até que estejam grandes o suficiente para sobreviverem sozinhas na natureza.

“Eles não são cachorros!”, o abrigo escreveu. “Os trigêmeos estão agora sob nossos cuidados e esperamos que cresçam bonitos e saudáveis.”

***
Redação Conti Outra, com informações de Amo Meu Pet.
Crédito das imagens da capa: Facebook/Darling Range Wildlife Shelter WA.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.