Um nigeriano foi denunciado pelo Ministério Público sob acusação de ter se apropriado de cerca de R$ 880 mil de uma mulher de 59 anos que acreditava estar namorando o músico grego Yanni. As informações foram divulgadas pelo colunista Rogério Gentile.

Segundo o colunista da UOL, a brasileira conheceu o falso Yanni através das redes sociais e passou a se comunicar com ele por mensagens de WhatsApp. Algum tempo depois, eles combinaram de se casar e a mulher fez diversas transferências bancárias para o nigeriano, que reside no Brasil.

A família da vítima procurou a polícia após uma ocasião em que, desesperada, a mulher disse que o músico havia sido sequestrado e pediu ao pai que disponibilizasse R$ 10 milhões para o pagamento do resgate.

Segundo o Ministério Público, o criminoso integra uma quadrilha internacional de origem nigeriana que é chamada de “Yahoo Boys”. A organização, que conta com mais de 200 membros no Brasil, é especializada em praticar o ‘estelionato sentimental’, que consiste em se aproximar de pessoas solitárias através de perfis falsos nas redes sociais com o intuito de subtrair dinheiro.

A polícia contabiliza mais de 400 vítimas da quadrilha em todo o país, considerando apenas aqueles que registraram ocorrência. Estipula-se que 2 mil pessoas tenham sido vítimas do golpe no Brasil.

***
Redação Conti Outra, com informações de Notícias UOL.
Fotos: Reprodução/Poladian.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.