Mulher abre santuário para oferecer conforto e carinho a cães idosos em seus últimos dias

Todos os cães merecem ser mimados, mesmo aqueles já velhinhos, vivendo seus últimos dias.

REDAÇÃO CONTI outra

Quando alguém resolve adotar um cãozinho de estimação, geralmente opta por filhotes. Com isso, muitos cães já idosos vivem abandonados nas ruas, ou superlotam abrigos sem nunca terem a chance de conhecer o conforto de um lar ou o carinho de uma família que os trate como as preciosidades que são. Foi pensando na triste realidade desses “cães vovôs” que a enfermeira aposentada Nicole Coyle, 46, resolveu agir.

Ao longo dos anos, Nicole viu muitas famílias abandonarem seus cachorros idosos ou em estado terminal, sem um pingo de amor ou carinho. E esse tipo de situação sempre a deixou de coração partido. Com tanta angústia acumulada, ela decidiu transformar sua própria casa em um santuário para cães idosos.

A iniciativa ganhou o nome de “Projeto de Hospício Canino – Focinho Cinzento”. O santuário recebe cães que têm apenas 6 meses ou menos para viver. Na verdade, Nicole gastou grande parte de suas economias na adoção de cães que estão a poucos dias de serem sacrificado.

E se engana quem pensa que o trabalho de Nicole tem fim quando ela consegue adotar os “cães vovôs”. Ela também garante que os cães tenham uma vida luxuosa em seus dias finais. Ela os alimenta como reis e ainda os leva a divertidos passeios na praia.

A generosidade e os incansáveis esforços de Nicole possibilitaram que muitos cãezinhos finalmente pudessem se sentir amados e felizes em seus dias finais. E tem mais! Muitos dos cães do santuário superaram o diagnóstico dos médicos e viveram mais tempo sob seu amor e carinho. O amor realmente opera milagres!

A amante de animais fica aterrorizada com o fato de diversos cães idosos ou doentes faleceram sozinhos depois de serem expulsos de casa por suas famílias. Ela espera que os donos passem a ser mais atenciosos com seus cães, em vez de negligência-los em seus momentos finais.

***
Redação CONTI outra. Com informações de Portal do Animal

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.