Embora a maternidade seja um desejo partilhado por milhões de mulheres em todo o mundo e uma bênção para muitas delas, a verdade é que por vezes não é fácil. Tem se tornado cada vez mais comum ver mães manifestando sua frustração por estarem extremamente exaustas, por não terem acesso a políticas de atendimento eficientes e por não poderem contar com uma rede de apoio.

A jovem mãe Kendra Sykes, de 22 anos, é uma dessas mulheres que contribuem para o debate sobre como a excessiva romantização da maternidade em nossa sociedade faz com que fechemos os olhos para as dores e os desafios que muitas mães enfrentam silenciosamente.

Kendra tem impressionado seus seguidores nas redes sociais ao exibir com muita coragem e franqueza o desgaste físico causado pela maternidade. Em seus vídeos, ela diz que, desde que se tornou mãe, se acostumou a ouvir todo tipo de fofoca e especulação sobre sua aparência. Segundo ela, alguns já chegaram a sugerir que ela é dependente química por parecer tão mais velha e ter o rosto coberto de acnes.

Diante da avalanche de rumores sobre sua aparência, Kendra publicou um vídeo nas redes sociais, em que esclarece, “Eu tenho uma filha e ela roubou minha juventude”.

O vídeo primeiro focaliza Kendra com um olhar exausto e depois foca em sua bebê, a pequena Thalia. Assista:

A publicação de Kendra rapidamente viralizou, acumulando mais de cinco milhões de visualizações em questão de dias. Além disso, suas declarações deram origem a um acalorado debate nas redes sociais.

Algumas pessoas criticaram as declarações da jovem. “Minha mãe me disse isso quando eu era pequena e cresci me sentindo muito culpada. Espero nunca ouvir você dizer isso”, escreveu uma internauta. “Nunca é culpa das crianças. Não faça sua filha se sentir culpada por isso”, opinou outra.

Outras mães, no entanto, sentiram-se identificadas com a jovem, assegurando que durante os primeiros anos da maternidade sentiram a mesma frustração: “Tinha a pele perfeita até ter a minha filha” e “Tenho 30 anos e tem muita acne. As pessoas adoram julgar sem motivo”, foram algumas das mensagens de apoio recebidas por Kendra.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução/Youtube.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.