O livro The New Royals, da autora real Katie Nicholl, traz detalhes pouco conhecidos sobre a criação dos membros mais jovens da família real bitânica. Em um dos trechos mais curiosos da obra, ela conta que o príncipe George, de 9 anos, disse certa vez colegas de classe: “Meu pai será rei, então é melhor vocês tomarem cuidado”.

De acordo com a autora, o filho mais velho do príncipe William e Kate Middleton e os irmãos, a princesa Charlotte, de 7 anos, e o príncipe Louis, de 4 anos, são criados com uma compreensão da monarquia e um “senso de dever”.

Príncipe William, Kate Middleton e seus filhos George (9), Charlotte (7) e Louis (4).

Nicholl acrescentou que, embora George tenha sido informado de que um dia será rei, seus pais estão tentando não dar a ele muitas responsabilidades cedo demais.

“Eles estão criando os filhos, principalmente o príncipe George, com consciência de quem ele é e do papel que herdará, mas estão preocupados em não sobrecarregá-los com um senso de dever”, escreveu Nicholl, como informa o tabloide Daily Mail.

“George entende que um dia será rei e, quando era mais novo, brigou com amigos na escola, ‘vencendo’ [a discussão] com os colegas usando a frase: ‘Meu pai será rei, então é melhor vocês tomarem cuidado”, completou.

Príncipe George.

A autora também afirma que Kate Middleton nutre uma admiração pelas técnicas parentais usadas pelo príncipe Edward e pela condessa de Wessex, pais de lady Louise Windsor, de 18 anos, e de James, o visconde de Severn, de 14 anos.

Mesmo que os pais sejam membros da realeza, os filhos, que são os netos mais novos da rainha Elizabeth 2ª e do príncipe Philip, cresceram sem títulos de Sua Alteza Real e afastados dos holofotes da mídia.

Em um novo capítulo do livro Battle of Brothers, lançado no ano passado, o autor real Robert Lacey contou como William e Kate pretendiam abordar o assunto do futuro papel de George em um “momento controlado de sua escolha”.

Segundo Lacey, o casal revelou ao príncipe George o seu futuro papel como rei da Inglaterra “por volta de seu sétimo aniversário”.

William e Kate haviam adiado a discussão sobre a “vida do futuro serviço real e dever” do filho mais velho, para proporcionar a ele uma “criação familiar normal”.

Príncipe George acompanhado da bisavó, a rainha Elizabeth 2ª.

William não revelou ao mundo como e quando deu a grande notícia ao filho.

“O objetivo de William como pai era dar ao filho ‘uma educação familiar normal’, permitindo que a monarquia ‘se mantivesse relevante e acompanhasse os tempos modernos”, afirmou Lacey.

***
Redação Conti Outra, com informações deo R7.
Foto destacada: JUSTIN SETTERFIELD/POOL/AFP.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.