Viralizou nas redes sociais na última quinta-feira (29) um caso que pode ser encarado como um triste retrato da realidade vivida por muitas famílias brasileiras. Em Vale do Anari, Rondônia, a 330 quilômetros de Porto Velho, um menino de 8 anos usou a avaliação escolar para fazer um pedido de socorro à professora.

“Por favor me ajuda. Meu pai bate na minha mãe. Chama pra mim a polícia”, escreveu o menino no roda pé da prova. Além do pedido de ajuda, o garoto ainda deixoyu registrado o seu endereço.

O caso foi divulgado no jornal local Diário da Amazônia, que informou que a mãe do garoto sofria violência física e psicológica, além de ameaças do marido.

A escola notificou a Polícia Civil, que esteve no endereço da residência indicada pelo menino na avaliação. A criança e seus três irmãos, de 16, 14, e 13 anos, foram encaminhados a um abrigo da cidade.

Segundo a polícia, as crianças também sofriam de violências praticadas pelo homem há mais de dez anos. A família ficará sob proteção enquanto aguarda decisão da Justiça.

***
Redação Conti Outra, com informações de Yahoo.
Imagem destaca: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.