Menininho abraça policial depois de receber cesta básica em Itaquaquecetuba-SP

Os policiais militares, que entregavam donativos na periferia da cidade, não esperavam pelo carinhoso sinal de gratidão do garotinho. “Ficamos com aquela sensação de dever cumprido.”

REDAÇÃO CONTI outra

Circula pelas redes sociais nos últimos dias uma imagem comovente que vem fazendo muita gente entender o valor e o poder da solidariedade. Na foto, um menininho de apenas dois anos de idade abraça um policial militar pelas pernas em sinal de agradecimento, enquanto outro policial assiste à cena comovido. Na ocasião, os policiais militares do 35º Batalhão de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, faziam a entrega de donativos no bairro Chácara Dona Escolástica, na periferia da cidade.

Segundo o tenente Rodrigo Paiva Galvão de França, que é oficial da Comunicação Social, a mãe do garotinho tinha a acabado de receber das mãos dos PMs uma cesta básica de alimentos, quando o pequeno se aproximou de um dos PMs e lhe deu um abraço.

“Ele (criança) veio espontaneamente e abraçou a perna do policial. As crianças se sensibilizam com o fardamento da PM e com as viaturas”, contou o tenente Galvão.

A entrega dos donativos aconteceu na manhã da última quinta-feira (25). Duas viaturas se deslocaram ao bairro para realizar a ação: “Nós conseguimos doações junto aos empresários da cidade e distribuímos nas comunidades. Estamos fazendo este trabalho desde o início da pandemia”, detalhou o oficial.

O policial que recebeu o carinhoso abraço do menino é o soldado Jhonatan Silva Vasconcelos, que atua na 2ª Companhia do 35º Batalhão. “Ficamos com aquela sensação de dever cumprido, principalmente por estarmos na linha de frente. Estamos ali para alentar, não só pela questão da segurança pública. Nós somos a presença do Estado na comunidade.

O responsável pelo já famoso registro é o jornalista e fotógrafo Diego Juan, que costuma acompanhar a PM em ocorrências pela cidade. Ele conta que também ficou sensibilizado com o abraço da criança. “Esta foto simboliza o que o patrulheiro realiza no dia a dia. Consegui captar mais um destes momentos”, finalizou.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Rede TV Uol
Imagem de capa: Diego Juan/Arquivo Pessoal

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.