Uma tecnologia já antiga foi respinsável por fazer com que uma garotinha inglesa de apenas oito anos conseguise estabelecer contato com um astronauta em órbit.

Tudo aconteceu em 2 de agosto, quando a pequena Isabella Payne já tinha se recolhido em seu quarto para ter seu “sono de beleza”. Mas seu pai, Matthew, sabia que, como eles compartilhavam a paixão pelo espaço e pelas comunicações de rádio, uma breve oportunidade de comunicação com o astronauta americano Kjell Lindgren não poderia ser desperdiçada.

O pai arrastou Isabella para fora da cama e eles correram até o rádio amador.

“Eu fiquei tipo, ‘Por que você está fazendo isso comigo? Eu preciso do meu sono de beleza’”, disse Isabella à CNN na quarta-feira.

A bordo da Estação Espacial Internacional, uma estação de rádio Ham é mantida para que os astronautas possam ocasionalmente conversar com pessoas em terra – geralmente escolas – por meio de comunicações de rádio clássicas.

Essas conversas geralmente são breves, com os operadores fornecendo o indicativo exclusivo de seu rádio, um nome e localização, um agradecimento e um adeus. No entanto, quando Lindgren, que estava passando por Kent naquela noite, ouviu o nome e a idade de Isabella, sua voz deixou explícita a sua alegria

O astronauta foi ao Twitter e disse que esse pode ter sido seu contato favorito até agora.

“Fiquei muito feliz quando ouvi a voz dele”, disse Isabella à CNN. “Achei que era um sonho.”

Isabella compartilha a paixão de seu pai pelo espaço e pelo rádio, e assiste a cada lançamento e caminhada espacial ao lado dele na mesa do rádio.

O sonho de Isabella é se tornar especialista em comunicação em uma agência espacial para que ela possa repetir seu intercâmbio com Lindgren quantas vezes quiser.

***
Redação Conti Outra, com informações de Good News Network.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.