Melhores destinos no leste europeu

Quando o assunto é visitar cidades europeias interessantes para as férias, há várias outras opções do vão além das mais famosas.

CONTI outra

Destinos mundialmente conhecidos como Paris, Madrid, Roma, Londres e Berlim estão entre as principais atrações da Europa e são importantíssimos para a movimentação financeira no que tange ao turismo do Velho Continente. No entanto, quando o assunto é visitar cidades europeias interessantes para as férias, há várias outras opções do vão além das mais famosas.

O leste europeu, que é grande parte composto pelos países da ex-União Soviética, têm um leque imenso de destinos sensacionais que cabem perfeitamente no roteiro de viagem.

Vale citar que o leste europeu não é apenas uma definição dada para os países que se formaram pós-período soviético. De acordo com a Divisão de Estatísticas das Nações Unidas, países um pouco mais ao centro como Bulgária, Hungria, Romênia, Polônia, República Tcheca e tantos outros também fazem parte dessa região.

Praga, República Tcheca

A capital Praga é um dos destinos mais procurados entre as nações do leste europeu. Favorecida pela boa localização, a cidade tem uma beleza natural estonteante com jardins e parques de tirar o fôlego.

Praga tem um estilo arquitetônico clássico e é uma das capitais imperiais da Europa. Com muita história, algumas ruas da cidade se mantiveram intactas ao longo dos séculos.

Um dos passeios favoritos dos turistas é acompanhar o pôr do sol na famosa Charles Bridge. A ponte, que foi construída em 1357 para conectar a parte antiga da cidade com o Castelo de Praga, é um dos marcos da capital tcheca.

O Castelo de Praga é outro ponto turístico imperdível e representa um dos maiores cartões-postais do país.

Sochi, Rússia

A capital russa do entretenimento, Sochi foi uma das sedes da Copa do Mundo de 2018 e a principal cidade das Olimpíadas de Inverno de 2014. Destino muito procurado pelos russos durante o verão, essa cidade é uma das poucas do país em que é possível aproveitar sol e praia.

Sochi foi remodelada para ser a capital do entretenimento na Rússia e por isso não faltam opções interessantes de divertimento por lá. O Museu de Arte de Sochi é reconhecido como o epicentro da urbanização da cidade e fica em um edifício histórico — excelente opção para quem adora explorar a cultura de outros países.

Já o Parque Olímpico de Sochi também é outro ponto muito requisitado pelos turistas. Ele é bem recente (foi construído em 2014 para receber as Olimpíadas de Inverno) e se trata de um complexo que abrange hotéis, parque de diversão e outras áreas de lazer.

Explorar as dezenas de cachoeiras não deixa de ser uma atração interessante para os visitantes. São 33 catalogadas só no Parque Nacional de Sochi e é uma rota famosa entre os turistas.

No entretenimento noturno, nada bate o Casino Sochi. Esse estabelecimento é conhecido por ser um lugar de muito luxo e entretenimento e recebe turistas de diferentes países o ano todo. Seja nas mesas de poker ou na sala de jogos, esse cassino respira diversão.

São Petersburgo, Rússia

Enquanto Moscou é o maior centro financeiro da Rússia, São Petersburgo está entre os destinos mais culturais do país. Um dos lugares incríveis para conhecer no leste europeu, essa histórica cidade abriga catedrais muito conhecidas e museus esplêndidos.

Um desses museus é o Hermitage, visita praticamente obrigatória para o roteiro nessa cidade. Segundo maior do mundo, geralmente os guias demoram aproximadamente quatro horas para mostrar as principais obras do lugar.

Outro atrativo de São Petersburgo são os diversos canais em que há vários passeios de barcos que são muito procurados pelos turistas.

Esses são apenas alguns dos principais pontos de São Petersburgo, pois é uma cidade com mais de 10 atrações interessantes.

Budapeste, Hungria

De beleza única e com uma história muito relevante no passado europeu, Budapeste é a capital da Hungria e casa de patrimônios espetaculares.

Um dos passeios imperdíveis na capital húngara é conhecer o Castelo de Budapeste, que abriga o Palácio Real, o Museu de História e a Galeria Nacional. Coração do lado cultural da cidade, por lá é possível se adentrar na história do país e ainda apreciar uma arquitetura maravilhosa.

Outro patrimônio bom para conhecer é o Parlamento Húngaro, lugar em que é possível fazer uma visita guiada para conhecer algumas das mais importantes esculturas do país.

O Mercado Central de Budapeste é o mais antigo da cidade e na língua local é conhecido como Nagycsarnok. Por lá, estão lojas de artesanato, local para apreciar a culinária húngara e muitas outras opções em três andares de variedade abundante.

Plovdiv, Bulgária

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.