Médicos colam no jaleco suas próprias fotos sorrindo para acalmar e trazer humanidade aos pacientes de COVID-19

Que tal replicarmos essa ideia genial nos hospitais brasileiros? Vocês já estão fazendo? Mandem suas fotos nos comentários! Estimulemos sorrisos e humanidade.

CONTI outra

Algumas histórias são verdadeiros achados. Levá-las adiante é mais do que um prazer: é uma verdadeira obrigação!

Recentemente o site Saint et Naturel  publicou as imagens e um breve relato sobre os profissionais da saúde que, além de arriscar sua vida, também encontraram formas criativas para abordar os pacientes de maneira mais leve, afetiva e até divertida.

Essa iniciativa, também publicada pelo Educadores,  teve início depois que um médico de San Diego percebeu que todos os EPI’s (equipamentos de proteção individua, tais como máscaras, óculos, jalecosl) que utilizavam não permitiam que os pacientes percebecem as emoções que eles sentiam. Além disso, quem é que não fica assustado quando chega perto de uma pessoa completamente coberta? É de arrepiar mesmo, né.

Daí, veio a ideia genial de colocar uma foto sorrindo sobre seus jalecos, como podem ver abaixo, em publicação do Instagram.

Disse o médico:

“Ontem me senti mal pelos meus pacientes de emergência quando entrei na sala com o rosto coberto de EPI. Um sorriso tranquilizador faz uma grande diferença para um paciente assustado. Hoje fiz um crachá gigante para o meu EPI. Para que meus pacientes possam ver um sorriso tranquilizador e reconfortante. ” contou o médico nas suas redes sociais (tradução livre).

Logo em seguida os outros membros da equipe também se inspiraram e começaram a reproduzir os crachás sorridentes!

Que tal replicarmos essa ideia genial nos hospitais brasileiros? Vocês já estão fazendo? Mandem suas fotos nos comentários! Estimulemos sorrisos e humanidade.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.