O Centro Clínico Pinheirinho, em Curitiba, demitiu um médico acusado de colocar uma luva cirúrgica no lugar da bolsa de colostomia no paciente João Carlos dos Santos, de 35 anos.

João Carlos, que é professor de filosofia, contou ao site RIC Mais que faz tratamento renal desde fevereiro de 2021. Ele procurou a clínica para colocar a bolsa, porém o médico disse que colocaria a luva no lugar, pois a instituição estava com o equipamento em falta. “Ele disse que ia fazer a ‘medicina de guerra’. Eu não estava entendendo nada, só estava preocupado com as dores que estava sentindo”, relatou o paciente.

No calor do momento, o professor aceitou colocar a luva, mas assim que chegou em casa, notou que estava com as roupas manchadas devido ao vazamento de secreção. O caso ocorreu no dia 22 de setembro. Ele procurou uma amiga que é nutricionista em um outro hospital que levou a bolsa de colostomia até a casa dele para a troca.

“Eu estava tranquilo com a situação, mas não estava consciente da gravidade. Eu podia pegar uma bactéria! As pessoas da minha família ficaram indignadas com a situação”, revelou.

O paciente fez uma reclamação para a administração da clínica, que divulgou uma nota infprmando que o médico já foi demitido da instituição.

Veja a nota na íntegra:

“A prioridade do Centro Clínico Pinheirinho é oferecer o melhor atendimento aos clientes. Por isso, a unidade lamenta profundamente que o ocorrido, no Centro Clínico Pinheirinho, possa ter gerado algum desconforto ao paciente. Por esse motivo, assim que houve conhecimento dos fatos, o médico foi desligado, o paciente foi acolhido, e todas as suas demandas estão assistidas. O paciente está bem e em continuidade ao seu tratamento ambulatorial. A companhia preza pelo bem-estar do paciente sempre e está em contato direto e à disposição do beneficiário para melhor assisti-lo”, disse a instituição.

***
Redação Conti Outra, com informações de Ric Mais.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.