Zack e Cambry são dois jovens aventureiros e apaixonados. O relacionamento desses dois parece ser muito verdadeiro, onde a dedicação de um com o outro está sempre presente. Exemplo disso foi quando Cambry, fisicamente paralisada, recebeu de seu amado um dos melhores presentes que ele podia lhe dar: Zack projetou uma nova cadeira de rodas, que Cambry poderia usar para se locomover onde quisesse.

Zack, sendo um cara que se destaca por sua criatividade e habilidades na construção de diferentes objetos, queria fazer para sua amada uma cadeira de rodas perfeita . Assim, unindo duas bicicletas com um assento no centro, conseguindo fazer uma cadeira de rodas off-road, que seria útil para qualquer momento.

E funcionou, e até muito melhor do que ele esperava. Cambry desde o dia que ganhou a nova cadeira começou a experimentar uma liberdade que ela não tinha antes. Agora ela poderia se locomover sem a ajuda de outra pessoa e também podia passar por diferentes tipos de paisagens, independentemente da dificuldade e do tipo de terreno.

Obstáculos que antes pareciam impossíveis, agora são fáceis para Cambry os atravessar sem muito esforço. Não esquecendo que, depois de avançar quilômetros em sua nova cadeira de rodas, seus ombros não doíam mais como antes. Porque com esta invenção do marido, o único esforço que ela faz é mover a mão e os dedos para usar os controles.

O casal estadunidense fez sucesso com a história da nova cadeira de rodas, que ambos nomearam de “Rig”. O sucesso da invenção de Zack foi tão grande que agora, com base no design original, estão desenvolvendo várias dessas cadeiras elétricas aprimoradas para venda.

A chamada Rig, possui um alcance de 16 e 32 quilômetros com uma bateria e 40 e 56 quilômetros com duas baterias, além de uma velocidade máxima de até 19 quilômetros por hora, ela é silenciosa e seu sistema de montagem na estrutura traseira fazem dela uma cadeira de rodas ideal para todos os tipos de passeios.

Essa invenção promete causar um grande impacto positivo para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiências físicas, como é o caso da Cambry. A Rig, além de ser rápida e leve, tem grande autonomia e custa US $ 3.750, não sendo tão cara quanto se poderia pensar.

Coisas assim acontecem quando a criatividade é combinada com o amor. Muito legal!

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.