Faleceu nesta segunda-feira (22) Malikah Shabazz, a filha mais nova do ativista negro dos direitos civis Malcolm X. O óbito foi conformado pelo Departamento de Polícia de Nova York.

Segundo as autoridades, Shabazz, de 56 anos, foi encontrada sem vida em sua casa no Brooklyn por sua filha. De acordo com a polícia, o óbito parece ter sido por causas naturais.

Por meio das redes sociais, Bernice King, filha de Martin Luther King, deixou uma mensagem de conforto à família.

“Estou profundamente triste com a perda de #MalikahShabazz. Meu coração vai para a família dela, os descendentes da Dra. Betty Shabazz e Malcolm X. Fique em paz, Malikah”, escreveu Bernice King.

O ativista negro Malcolm X foi uma das vozes mais proeminentes na luta contra o preconceito racial antes de ter a vida interrompida em 21 de fevereiro de 1965, quando discursava no Audubon Ballroom em Manhattan. Ele tinha 39 anos.

Na última quinta-feira (17), dois homens condenados por tirar a vida do ativista foram exonerados durante uma audiência no tribunal. A juíza administrativa da Suprema Corte do Condado de Nova York, Ellen Biben, concedeu a moção para anular as condenações de Muhammad A. Aziz e do falecido Khalil Islam.

Malcolm x segue sendo uma fonte de inspiração para os homens negros e outros movidos por sua transformação em uma figura histórica que o falecido ator afro-americano Ossie Davis elogiou como “nosso príncipe negro brilhante”.

***
Redação Conti Outra, com informações de CNN.
Foto destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.