Mãe joga brinquedos do filho no lixo porque o menino se recusou a recolhê-los depois de brincar

Por dois dias, a mãe pediu que o menino arrumasse seu quarto, mas o rebelde de 5 anos recusou terminantemente. De alguma forma, ele teve que ser ensinado a obedecer.

CONTI outra

Ser mãe é um trabalho difícil, significa fazer o melhor possível para que seus filhos sejam educados e contribuam com a sociedade. Esse processo de ensino não é fácil; às vezes não basta apenas falar e aplicar alguns sermões, é necessário tomar medidas mais drásticas para fazê-los entender que estão errados.

Nesse caso, a usuária do TikTok @tabathamarie decidiu ensinar uma lição ao filho de 5 anos colocando todos os brinquedos dele em um saco de lixo.

adinserter block=”1″]

A medida foi necessária porque por 2 dias consecutivos ela gentilmente pediu que ele os recolhesse do chão, ao que ele respondeu de forma rude. “Não, mãe, você é que deve limpar”, foram as palavras do menino no vídeo de Tabatha.

Foi depois da resposta do garoto que a mãe pegou os brinquedos dele e os despejou em um saco de lixo. “Eu odiei ver a expressão em seu rosto quando ele viu seu quarto. Doeu muito, mas meu filho não vai mais me desrespeitar”, dizia a descrição do vídeo.

Ela quis fazê-lo entender que limpar não é tarefa feminina ou de “mãe”. Quem mora em uma casa tem a obrigação de ajudar.

“Não quero criar homens desrespeitosos. Limpar não é um trabalho de ‘mães’ ou ‘mulheres’. Se você faz a bagunça, você limpa. Se você vê sua mãe tendo dificuldade para fazer as tarefas, deve ajudá-la. Você não pode simplesmente sentar e não fazer nada. Meus filhos vão aprender isso rapidamente.”, disse Tabatha Marie no TikTok.

O vídeo já tem cerca de 3,5 milhões de visualizações. Houve quem não gostasse do método, mas a maioria concorda.

É provável que, de agora em diante, o filho entenda que é preciso arrumar a própria bagunça e obedecer à sua mãe.
O garoto provavelmente teve um acesso de raiva com a atitude da mãe, mas é melhor ensiná-lo cedo para que ele não sofra as consequências mais tarde.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Foto de capa: Reprodução/Getty Images.
Fotos que ilustram o gtexto: TikTok / tabathamarie.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.