Na última terça-feira (23), o ator mirim Gustavo Corasini, que deu vida ao personagem Tadeu na primeira fase da novela “Pantanal”, foi atropelado no condomínio onde vive com a família em São Paulo. O menino de 12 anos precisou ser submetido a uma cirurgia de recuperação após ter sofrido fraturas no punho, na perna e na bacia. O seu amigo Eduardo, 11, que estava com ele no acidente, foi atingido na cabeça e não resistiu aos ferimentos.

Fernanda Corasini, mãe de Gustavo, organizou uma vaquinha virtual para ajudar a família do menino de 11 anos a arcar com as despesas do funeral, uma vez que eles não dispunham de recursos financeiros para isso. Já nas primeiras cinco horas de vaquinha, Fernanda conseguiu arrecadar o valor que precisava. O anúncio da campanha foi feito na conta de Gustavo no Instagram.

“Eles eram muito amigos, onde um estava, o outro também estava”, disse Fernanda.

A mãe do ator também agradeceu o carinho e o apoio dos seguidores e pediu orações para Gustavo e Eduardo.

“Somos testemunhas de um verdadeiro milagre. Deus fez um milagre na vida do meu filho. Às vezes, não entendemos os desígnios de Deus e o questionamos. Mas eu creio com todo o meu coração que meu filho é testemunha de um milagre. Seu amigo Eduardo, era um menino muito bom, responsável, brincalhão, sempre feliz. Quero crer que Deus estava precisando de você lá em cima para cuidar da gente por aqui”, escreveu ela.

Antes de integra o elenco de “Pantanal”, Gustavo já participou de outras produções na TV, como a novela “Gênesis”, da Record, e a série “O escolhido”, da Netflix, além de peças publicitárias.

Sobre o acidente

As crianças tinham ido acompanhar o resgate de um pedreiro que havia caído em um buraco de obra, no condomínio onde Gustavo reside. Neste momento, uma moradora precisou movimentar o carro, para poder dar espaço para o resgate. Na volta, ela se perdeu no câmbio automático do veículo e pressionou os meninos contra um portão de uma casa. Eduardo foi atingido na cabeça.

***
Redação Conti Outra, com informações de Extra.
Fotos: Reprodução/Redes sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.