Uma mãe resolveu convidar todos os colegas de classe da sua filha para a festa de aniversário de 7 anos da garota, com excessão de uma única criança. A excluída da lista de convidados é uma menina que costuma praticar bullying contra a aniversariante. A mãe usou a plataforma Reddit para compartilhar aninimamente o relato dessa experiência.

A mulher contou que sua filha Payton frequenta uma pequena escola e convive diariamente com 20 crianças em sua sala de aula, incluindo uma garota que costuma maltratá-la. A mãe já chegou a diuscutir o problema com os pais da menina durante reuniões escolares mas a situação não melhorou.

É por isso que Payton não quer ver a garota em sua festa de aniversário. Ciente disso, a mãe enviou convites para todos os colegas de classe da filha, exceto a menina que maltrata sua filha. Uma decisão que tomou pelo bem da menina, embora tenha causado desconforto.

“A mãe da outra menina me ligou para falar sobre isso e disse que agora a filha dela está chorando. Ela foi a única menina que não foi convidada e todo mundo na escola está falando sobre a festa”, disse a mulher no Reddit.

“Expliquei à mãe que a filha dela não é gentil com minha filha e por isso ela não foi convidada (a mãe sabe disso)”, acrescentou.

No entanto, a mãe da menina não respondeu como o esperado. Ela disse a decisão deixava como lição para Peyton que o idel é “usar seu status financeiro para fazer amigos”. Uma acusação com a quel a mãe de Payton não concorda.

“A mãe escreveu a Payton uma carta com um pedido de desculpas e perguntando se poderíamos reconsiderar a decisão. Eu respondi a ela que não iríamos reconsioderar, e isso se tornou um grande problema toda vez que vejo a mãe”, disse a mulher no Reddit.

Na mesma publicação, a mãe de Payton relatou que sua filha constantemente volta da escola chorando porque sua coleguinha foi maldosa com ela. Segundo a mãe, a colega não deixa Payton brincar com as outras meninas no recreio e já a derrubou de propósito enquanto elas pulavam corda (episódio testemunhado por uma professora). Ela também costuma dizer que Payton não é “bonita” e que é gordinha demais para ser líder de torcida na escola.

E você, considera correta a atitude desta mãe em excluir a colega da filha de lista de convidados da festa de aniversário? Queremos saber a sua opinião!

***
Redação Conti Outra, com informações do UPSOCL.
Fotos ilustrativas: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.