O nome de Luiza Trajano, presidente do conselho administrativo da varejista Magazine Luiza, não consta mais na lista de bilionários da revista Forbes. A empresária deixou o ranking após uma queda de cerca de 90% no valor das ações da companhia nos últimos 11 meses.

Em abril deste ano, a lista da Forbes colocava a empresária brasileira na 26ª posição no ranking nacional de biolionários e na posição 2.076 no ranking mundial. Sua fortuna era estimada em 1,4 bilhão de dólares (R$ 6,5 bilhões). Em julho de 2021, a fortuna de Trajano bateu um recorde ao atingir 5,6 bilhões de dólares (R$ 28,6 bilhões), mas segue em queda desde então.

Segundo os analistas, as ações do Magalu foram afetadas pela alta na taxa de juros, aumento da inflação e desafios logísticos trazidos tanto pelas restrições sanitárias contra a Covid-19 no mundo quanto pela guerra entre Rússia e Ucrânia. A ação da empresa despencou de R$ 24 no ano passado para a casa dos R$ 2,55 atualmente. Considerando-se apenas a desvalorização das ações entre janeiro e maio de 2022, a queda foi de mais de 60%.

A Forbes ainda não publicou um novo relatório com a fortuna atual de Luiza Trajano, que, em todo caso, segue sendo bilionária em reais — e não mais em dólares.

Elon Musk, que comanda empresas como a montadora Tesla e a companhia aeroespacial SpaceX, ocupa a primeira colocação no ranking de bilionários da Forbes.

Bernard Arnault e sua família, donos de 70 marcas de roupas e cosméticos, e Jeff Bezos, fundador da Amazon, ocupam a segunda e a terceira posição, respectivamente. O ranking brasileiro inclui Jorge Paulo Lemann e sua família, Marcel Herrmann Telles e Eduardo Saverin.

***
Redação Conti Outra, com informações de R7.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.