O ex-governador de São Paulo, Luiz Antônio Fleury Filho, faleceu nesta terça-feira (15), na capital paulista, aos 73 anos de idade. A causa da morte ainda não foi divulgada.

“Lamentamos a morte de Luiz Antônio Fleury Filho, que foi governador de São Paulo entre 1991 e 1994. Foi deputado, promotor Justiça e professor. Filiado ao MDB-SP, ele era membro da Executiva Estadual. Nossas condolências a familiares e amigos. Baleia Rossi, presidente do MDB”, informa o comunicado publicado pelo partido MDB em seu Twitter ao confirmar o ocorrido.

Ainda segundo informações divulgadas pela grande mídia, o velório será na Funerária Home, na Bela Vista.

Fleury foi governador, deputado federal durante dois mandatos e secretário da Segurança Pública durante o governo Quércia. Ele governou o estado de São Paulo entre 1991 e 1994 pelo antigo PMDB (atual MDB). Em 1992, ele era o governador de São Paulo quando a Polícia Militar (PM) invadiu o Complexo Prisional da Casa de Custódia do Carandiru, onde 111 presos foram mortos, no caso que ficou conhecido como Massacre do Carandiru. Fleury e o secretario da Segurança Pública (SSP) à época, Pedro Franco de Campos, não foram investigados pelas autoridades ou responsabilizados pelas mortes.

Com informações de G1 e Wikipedia
Foto: Reprodução/Arquivo/Mauricio Garcia de Souza/Alesp

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.