O nome do influenciador Leo Picon esteve mais uma vez entre os assuntos mais comentados do Twitter na madrugada desta quarta-feira (1), mas desta vez por conta de uma polêmica. Os usuários da rede social estavam indignados com um story feito pelo rapaz nas ruas de Recife.

Nas imagens em questão, Picon brincava de falar espanhol com alguns amigos, quando decidiu abordar uma criança na rua e fingir ser um turista internacional.

“Vou mostrar como se fala espanhol com o traficante de Recife”, disse Leo, antes de fazer uma pergunta para o garoto, que respondeu educadamente.

Veja o vídeo:

Rapidamente, muitos internautas detonaram a atitude do influenciador.

Depois da má repercussão, Leo Pocon apagou o post e se justificou dizendo que tiraram sua fala de contexto.

“Colocam em diversos portais e fica saindo que eu chamei uma criança de traficante, começam a levantar pautas de elitismo e de sei lá o que, quando na verdade não tem nada a ver. Foi uma brincadeira em que, obviamente, quando pega um fragmento e colocam fora de contexto, fica fácil… É um prato feito para quem quiser me atacar, pra quem quiser me descredibilizar, para quem quiser criar uma narrativa que jogue contra mim”, desabafou.

Ele ainda alegou que seu intuiti não era humilhar a criança e que viajou até Recife para iniciar um projeto que emprega jovens. “Pegarem um fragmento tão pequeno dessa viagem, quinze segundos em que eu estou falando como um personagem, estou interpretando uma parada em espanhol e colocarem isso me magoa muito. Acho que dentro de um personagem, dentro de uma brincadeira, essa fala não tem esse peso todo que vocês estão colocando”, completou.

Já no início desta tarde, Picon voltou a falar sobre o assunto. Ele disse aos seus seguidores que o humorista Whindersson Nunes tinha lhe explicado o motivo pelo qual seu vídeo tinha despertado tamanha revolta e se desculpou.

“Acabei de receber uma ligação de um cara que eu gosto muito que é o Whindersson, e a partir da nossa conversa, ele pôde me explicar por quê a minha brincadeira reverberou tanto, e eu pude entender a ferida que eu mexi. Eu gostaria de pedir desculpas a todos, ao garoto, à família. Estou tentando entrar em contato com eles”, disse.

***
Redação Conti Outra.
Foto destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.