Jovens do Líbano saem às ruas para limpar e reconstruir Beirute; confira fotos.

A explosão ocorrida no porto deixou milhares de vítimas e a cidade praticamente virou escombros. Foi uma tragédia, mas com amor e vontade eles estão avançando.

Ana Carolina Conti Cenciani

A tragédia em Beirute nos deixou com a alma despedaçada. As imagens mostraram uma situação realmente chocante, onde muitas pessoas perderam a vida e muitas outras ficaram feridas. A cidade foi transformada em escombros, principalmente no setor portuário da capital. Com este panorama, muitos cidadãos resolveram começar a ajudar.

São principalmente jovens, que com máscaras, vassouras e luvas saem às ruas de Beirute para limpá-la e reconstruí-la. Querem revê-la de pé e progredir, e para isso trabalharão incessantemente, motivados pelo amor de sua comunidade.

Segundo algumas investigações, acredita-se que a explosão tenha sido gerada pelo abandono de mais de 2.500 toneladas de nitrato de amônio, que estavam armazenadas no porto da cidade.

A verdade é que foi uma imensa tragédia, que chocou o mundo inteiro. Mas agora, a solidariedade e a gentileza de muitos jovens surgiu e juntos eles conseguirão superar a tragédia. Eles começaram o movimento de forma independente, sem a ajuda das autoridades. Mas agora, já conquistaram a ajuda de mais voluntários e das Forças Armadas.

Reuters

 

Eles realizaram uma operação de limpeza completa, com foco no setor portuário, no epicentro da explosão. Alguns ativistas iniciaram uma campanha para restaurar vários setores da cidade, principalmente para aqueles que mais precisam. De lares para idosos e deficientes, a edifícios tradicionais.

Reuters
Reuters

Eles estão em estado de emergência, mas com o apoio das Forças Armadas e de muita gente, estão todos focados em seguir em frente. Esses ativistas também trazem alimentos para aqueles que perderam seus empregos ou suas casas.

 

AFP
Reuters
AFP
AFP

À medida que a cidade é limpa e organizada, mais vítimas e feridos aparecem, bem como trabalho a fazer. Não temos dúvidas de que essa movimentação foi mais do que essencial para o inicio da recuperação de Beirute. Merecem aplausos pela solidariedade e iniciativa! O mundo está com Beirute.

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.